Domingo, 6 de Julho de 2008

Wimbledon e a passagem de testemunho

No melhor encontro de ténis que alguma vez assisti, a vitória foi para quem mais a mereceu. Os grandes jogadores fazem-se nas grandes rivalidades e, por muito que eu goste de Federer, este Rafael Nadal não é menor atleta que o suiço. Já leva cinco slams no bolso e quer pela idade, quer pela recta descendente de Federer, quer pela restante oposição que é conhecida neste momento, arrisca-se a vir a ser maior que o suiço. Há pelo menos uma coisa que é evidente, está destinado, tal como Borg, a dominar Roland Garros e Wimbledon durante um bom período de tempo.

publicado por Jorge A. às 21:17
link do post | comentar | ver comentários (4)

Isto é ténis

As finais de Wimbledon entre Roger Federer e Rafael Nadal a cinco sets bem podem entrar na história como as finais entre Borg e McEnroe. Esta, especialmente aquele tie break no 4ºset, está a ser deliciosa. Pena que a chuva tenha voltado...

publicado por Jorge A. às 19:56
link do post | comentar

Outclassed

A definição para a palavra inglesa outclassed será qualquer coisa como "to surpass decisively, so as to appear of a higher class". É isto que Nadal tem feito a Federer até agora. Ao terceiro set, agora interrompido pela chuva, Nadal ganha Federer pelos parciais de 6/4, 6/4 e 4/5. A estatistica que mais importa é a do quadro que acompanha este post. O suiço teve doze hipóteses de quebrar o serviço ao espanhol e só aproveitou uma, já o espanhol leva três aproveitadas em sete. Com uma taxa de concretização destas é impossível a Federer revalidar o titulo.

 

Entretanto, ando também atarefado com problemas linguisticos. No post anterior a este optei pela expressão inglesa break point, em português será qualquer coisa como ponto de quebra do serviço, mas o comentador da sport tv usa a expressão mista ponto de break. Correndo o risco de não obter resposta, existe alguma preferência por parte de quem me lê?

publicado por Jorge A. às 17:00
link do post | comentar | ver comentários (3)

Quantos break points precisas Federer? Quantos?

publicado por Jorge A. às 16:17
link do post | comentar | ver comentários (2)
Terça-feira, 1 de Julho de 2008

Williams

As duas manas vão a caminho da terceira final de Wimbledon em que o nome Williams é o que vigora em ambos os lados do court. Serena venceu o torneio em 2002 e 2003 exactamente contra a sua mana e Vénus ganhou-o já por quatro vezes, em 2000, 2001, 2005 e 2007. Vénus é claramente melhor em relva do que Serena, mas Serena derrotou-a nas duas finais em que se encontraram. Ainda como entrave à minha final de sonho, está uma surpreendente Jie Zheng e a demasiado instável Elena Dementieva. Mas cheira-me que as manas Williams já entraram em killing mode, e nós sabemos o que acontece a partir daí.

publicado por Jorge A. às 21:48
link do post | comentar
Sexta-feira, 27 de Junho de 2008

A chuva chegou

Para cumprir a tradição faltava a habitual chuva que chegou esta sexta-feira. Entretanto, a beleza deixou definitavamente o torneio com a derrota de Ana Ivanovic, já depois de Maria Sharapova ter dito adeus poucos dias atrás. Entre o branco obrigatório, o verdinho da relva e a inexistência de publicidade a adornar as bancadas laterais do torneio, Roger Federer vai passeando o seu estilo (se há jogador que foi concebido para dominar Wimbledon é o suiço). Confesso que no sector feminino torço por qualquer uma das manas Williams (uma final entre ambas seria o ideal) e no sector masculino espero ansiosamente que Federer elimine qualquer concorrência com que se depare - farto que ando desde período de quebra que atormenta o grande campeão desde o inicio do ano.

publicado por Jorge A. às 23:36
link do post | comentar | ver comentários (2)
Segunda-feira, 9 de Julho de 2007

His substance

Nadal, for a few moments, had Federer right where he had hoped he would find him - unsettled, maybe for the first time during his five-year Wimbledon run.

But an hour later, after the emotional collapse to the court and the trophy ceremony and the hug from Borg, Federer was standing on a bridge over a walkway between Center Court and the player's locker rooms. He had a bag of tennis balls, and he was happily tossing souvenirs to the clamoring crowd.

The tears were gone, and the dashing smile had returned. Federer was wearing his jacket, but the fans below were enamored with his substance, not his style.

publicado por Jorge A. às 01:18
link do post | comentar
Domingo, 8 de Julho de 2007

Wimbledon

Este post é excepcional.
publicado por Jorge A. às 21:21
link do post | comentar

5 (Cinco)

7/6; 4/6; 7/6; 2/6; e 6/2. 24 ases, 34 erros não forçados, e 65 winners depois, Roger Federer faz o penta.
publicado por Jorge A. às 18:04
link do post | comentar

Agora...

... que o quinto set começa, convém recordar que o árbitro é português: Carlos Ramos dirige a final masculina.
publicado por Jorge A. às 17:28
link do post | comentar

Hawk Eye e Fadiga

O Federer anda muito chateado com o hawk eye - eu cá por mim diria ao suiço para se preocupar em jogar mais e preocupar-se menos. Para já Nadal está a dar um banho de ténis ao número um mundial. Parece que vamos ter cinco sets, e neste momento já só as várias horas a mais que Nadal leva nas pernas em relação a Federer no torneio parecem constituir uma vantagem para o suiço. Nadal vai servir para irmos para o quinto set...
publicado por Jorge A. às 17:12
link do post | comentar

É incrível...

...como Federer consegue falhar quase todas as decisões que toma no jogo contra Nadal até ao momento. Mesmo assim, até agora, tudo empatado (1-1 em sets, e 4-4 no terceiro set). Mas a final em relva não está a ser muito diferente da final em terra batida. Temo que a vitória do espanhol comece a parecer o resultado mais provável.
publicado por Jorge A. às 16:16
link do post | comentar
Sexta-feira, 6 de Julho de 2007

2 meses até...

Aproveito para dizer que Venus Williams - a filha da mãe está a jogar um ténis de outro mundo - vai ganhar Wimbledon (não é uma previsão, é uma certeza). Aproveito também para avisar os mais distraidos que dos 4 finalistas do sector masculino, só Gasquet não repete a dose de Roland Garros - também aviso que Djokovic vai ganhar a Nadal (previsão), mas que Federer ganha o torneio (certeza).

Mas para já, tenho de ir fazer contas sobre quanto tempo dedicado ao trabalho terá de ser aproveitado para financiar uma foto tirada pela minha máquina digital no local da foto acima apresentada - mas já não há se...
publicado por Jorge A. às 23:50
link do post | comentar
Segunda-feira, 2 de Julho de 2007

Bola na relva

Nas terras de sua majestade o torneio mitico decorre a bom ritmo - sábado choveu e não houve jogos, domingo foi dia de pausa, e hoje choveu e houve menos jogos do que o previsto, portanto, tudo ao ritmo já esperado. Novidades? Bem... não há grande coisa a dizer. Ao bom, Federer, saiu-lhe a sorte grande, o suiço viu Haas desistir e abrir-lhe caminho livre para os quartos-de-final - se bem que, sejamos sinceros, caminho livre já ele tinha. Ora, ao mau, Nadal, saiu-lhe o azar grande (o azar ou a falta de jeito), e ficou hoje sem terminar o seu encontro que já ia em cinco sets com o conhecidissimo e conceituadissimo Soderling (vocês conhecem-no bem, certamente)... fica para amanhã. Ao vilão, Rodick, as coisas também correm relativamente bem, e parece que caminha a passos largos para o confronto onde descobre que o "bom" roubou-lhe as balas da pistola (analogia esta só capaz de ser entendida por um conhecedor do filme de Leone).

No campos da senhoras, ora ai estão dois dos confrontos ansiosamente aguardados por mim - se bem que tenho também um certo interesse em ver o Ivanovic - Mauresmo que se aproxima (previsão minha). As manas Williams vão defrontar Sharapova e Henin respectivamente. A Sharapova calha a mana mais velha, Venus, e à belga calha a mana mais nova, Serena. Nada melhor do que ir buscar o artigo do IHT:

Between an athletic French champion, a technically brilliant Belgian and the rising stars from Central and Eastern Europe stands the lonely, defiant figure of Richard Williams. This is what American tennis has come to at Wimbledon: one man from the ghetto and his two daughters against the world.
Secções: ,
publicado por Jorge A. às 21:38
link do post | comentar
Sexta-feira, 29 de Junho de 2007

God Made Roger Federer

"I don't see anybody who can hurt him. No one has enough weapons to beat him on grass" Marat Safin, após a derrota de hoje em 3 sets contra Federer.

Como é óbvio, e dada a gestão minuciosa que um gajo ocupado como eu tem de fazer do seu tempo, esta m*rda leva-me à conclusão óbvia: de hoje em diante passo a acompanhar apenas as gajas em Wimbledon, porque em relação aos gajos já estamos conversados.

PS: e nas gajas começa-me a cheirar a Serena.

Secções: ,
publicado por Jorge A. às 21:21
link do post | comentar
Terça-feira, 26 de Junho de 2007

Wimbledon

Dirão que já sabem do que trata este post. Mas digo-vos sinceramente que tinha começado por fazer um post sobre o Wimbledon F.C., agora renomeado para Milton Keynes Dons F.C. Mas como não me apetecia falar do Milton Keynes, ponderei falar de cinema. Veio-me à cabeça um filme com a Kirsten Dunst e com um tipo que tem a sorte de ter como mulher a Jennifer Connelly - o nome do filme: Wimbledon. Mas como o filme tem como base isto, e isto está a decorrer nos próximos dias, reconsiderei. Portanto, digo caro leitor, primeiro ponderei falar de futebol, depois de cinema, e só agora, em última instância, viro-me para o ténis.


Tudo começa nos courts do All England Lawn Tennis and Croquet Club. São nestes courts que o torneio mais mitico de toda a época tenistica se joga. A relva apresenta características únicas e assusta - não é para todos. Os mais aptos para a modalidade afinam as raquetes, e só os mais fortes triunfam. A malta vem habituada aos courts castanhos avermelhados, e agora, a transição para o verde, custa e não se faz sem dor. As raquetes passam a pistolas e as bolas passam a balas. Foi nos courts luminosos de Wimbledon que Pistol Pete deixou a sua marca. Por sorte ou azar, a chuva faz parte do torneio, e o torneio não passa sem chuva... os jogadores e o público é que passavam bem sem ela... ou talvez não - o ténis não foi feito para ser jogado na areia da praia, ao sol, e as jogadoras não foram feitas para andarem a jogar de bikini. Tudo é relativo, excepto a grandeza do torneio.

O tenista é como um artista. Quando ainda nem sequer serviu, o melhor tenista já imaginou toda aquela jogada que se seguirá. Ainda a bola não passou para o campo do adversário e já a próxima raquetada está prevista, imaginada ao mais infimo pormenor. Se por mero acaso, do outro lado também estiver outro artista, o grande artista inova e surpreende.

Há quem desanime. E quem se irrite. Nem uma, nem outra, são boas conselheiras.

O melhor é levar aquilo na desportiva e com alguma graciosidade. Se a coisa corre mal para o adversário, é preciso ter algum fair play.

No fim de contas, o ténis é como a vida. Nada melhor do que encará-lo com um sorriso.

Nos momentos decisivos, cerrar o punho e concentração máxima.
Se necessário, a temperatura estiver elevada, e for preciso alguma irritação... joguem-na para cima do árbitro - não esquecer é a reacção do público a tais fenómenos.


Cada um dar o seu melhor é o que se exige. Suar a camisola. Se necessário for, comer a relva.


E no fim, mesmo no fim, só dois é que serão campeões:














PS: por razões várias, neste torneio estou pela menina do bikini, e pelo tipo que numa das últimas fotografias parece estar a chorar.

PS2: por mais razões várias, este post pode ter problemas de visualização. Sorry. ;)
publicado por Jorge A. às 21:47
link do post | comentar
Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Mais sobre mim

Contacto

jorgeassuncao@europe.com

Subscrever feeds

Pesquisar neste blog

Links

Arquivos

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Julho 2006

Secções

desporto(383)

politica nacional(373)

cinema(291)

economia(191)

música(136)

ténis(132)

humor(131)

futebol(130)

eleições eua(118)

estados unidos(115)

portugal(115)

blogs(109)

miúdas giras(93)

jornalismo(88)

politica internacional(87)

governo(79)

televisão(74)

blogosfera(69)

oscares(68)

pessoal(55)

todas as tags

blogs SAPO