Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Despertar da Mente

"Democracy and socialism have nothing in common but one word, equality. But notice the difference: while democracy seeks equality in liberty, socialism seeks equality in restraint and servitude." Alexis de Tocqueville

"Democracy and socialism have nothing in common but one word, equality. But notice the difference: while democracy seeks equality in liberty, socialism seeks equality in restraint and servitude." Alexis de Tocqueville

Despertar da Mente

30
Abr07

Já perguntaram ao Zé Povinho?

Jorge A.

A Federação da Indústria Têxtil e do Vestuário de Portugal (Fitvep) vai pedir ao ministro da Economia que aproveite a presidência portuguesa da União Europeia para erguer barreiras às importações chinesas.

E será que já perguntaram ao Zé Povinho - sempre preocupado em comprar produtos nacionais! - se prefere comprar um conjunto de roupa por 60€ ou se por 30€? Bem, vendo bem, se calhar até não andam a fazer as perguntas certas. Os produtores textêis nacionais podem sofrer com a concorrência da China, mas o consumidor final fica certamente a ganhar - para além de amealhar mais alguns tostões no bolso que irá gastar noutros produtos. Oh yeah!!! O que não adianta é pretender manter artificialmente à tona da água - com medidas proteccionistas - uma indústria que não é competitiva.

"O governo brasileiro vai aumentar as tarifas de importação de 20 por cento para 35 por cento a partir de 1 de Junho", refere a federação.

Como se sabe, não há melhor exemplo que não o brasileiro... para a próxima eu referia o Zimbabwe.

No caso concreto do aumento das taxas de importação no Brasil, a Fitvep refere ao ministro da Economia que uma taxa de 35 por cento "significa o desvanecimento de qualquer réstia de oportunidade de negócio e o acarretar de sérios prejuízos" para os empresários que têm apostado naquele país.

É pá!!! Cá está o porquê do Brasil. Não é porque seja exemplo para ninguém, é só porque afinal pensar em impôr barreiras aos outros - tá-se bem - mas cuidado com quem nos tenta impôr barreiras a nós... não pode - tá-se mesmo a ver que tá mal - desgraçados destes brasileiros, pá... quem é que se havia de lembrar desta de criar barreiras ao comércio com o exterior.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

  •  
  • Outras Casas

  •  
  • Blogs

  •  
  • Em Inglês

  •  
  • Think Tank

  •  
  • Informação

  •  
  • Magazines

  •  
  • Desporto

  •  
  • Audiovisual

  •  
  • Ferramentas

    Arquivo

    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2009
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2008
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2007
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2006
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D