Segunda-feira, 1 de Dezembro de 2008

O Capitalismo Inteligente *

Por via desta troca de ideias com o Maldonado cheguei a um blogue que desconhecia e mais concretamente a este post. O post é uma ode à motivação, à interligação entre a psicologia e a gestão, e um desabafo para com a falta de percepção do empresariado português para com tal situação. O autor do post dá vários exemplos de motivação no trabalho como a implementação de "horários fléxiveis, regalias diversas como telemóvel, portátil, seguros de saúde extensiveis à familia, mais dias de férias, estudos financiados, etc. Há empresas até que têm ginásio e creche. A cultura de portas abertas e informalidade funciona melhor, que um ambiente formal, por exemplo.". O exemplo que apresenta entre parentesis da utilização de tal motivação: a Microsoft. Falta explicar que a Microsoft (tal como a Google e outras empresas do sector) lutam por um conjunto de trabalhadores especializados de topo, os melhores do mundo, e que o valor acrescentado de cada trabalhador é suficiente para sustentar os beneficios em causa. A questão não é, portanto, só uma questão de motivação, mas antes de capacidade daqueles que essas empresas procuram recrutar para se manterem no topo e continuarem a poder oferecer esses beneficios essas motivações (já agora aproveito para referir que as três grandes do sector automóvel norte-americano também motivavam fortemente os seus empregados com os tais seguros de saúde, veja-se onde foram parar).

 

Claro que a psicologia e a gestão é um caso que me interessa. Nos Estados Unidos existem empresas a contratar psicólogos para adaptar o ambiente da empresa aos jovens licenciados que, quando não gostavam do ambiente, despediam-se em três tempos e iam à procura de outra empresa (não sei se estão a perceber bem, falo da troca na relação de forças entre empresa e trabalhador que a esquerda tanto gosta de apregoar). Mais recentemente li que cresce entre alguns jovens japoneses uma forma de vida que valoriza o pessoal sobre o profissional, o que os leva a rejeitar promoções nas empresas em que trabalham, contrariando aquilo que foi a forma de estar da geração que os antecedeu, sempre dedicada ao trabalho.

 

Mas voltando à motivação, à gestão e à Microsoft, o problema que se encontra com estes teóricos do que deve ser a gestão de uma empresa, é que aquilo que se aplica à gestão da Microsoft (onde a maioria do quadro é formado por gente altamente qualificada) não se aplica a noventa e nove por cento das empresas que estão no mercado português (já falei na qualidade do quadro, olhemos também para a quantidade de pessoas no quadro, é que fazer creches e ginásios numa PME é não só inviável como ridiculo).

 

Mas eu adoro estes teóricos da gestão, que explicam como é que os empresários devem gerir as suas empresas. A pergunta que fica no ar é: se os empresários portugueses são assim tão maus, mas tão maus, não seria fácil que uma nova geração de empreendedores surgisse, com as práticas da boa gestão e da motivação, da psicologia e da gestão, e em pouco tempo fizesse sucesso no mercado? O que impede esta nova geração de despontar? O que impede...

 

* por oposição ao capitalismo selvagem segundo Ana Camarra no primeiro comentário ao post em causa

publicado por Jorge A. às 03:48
link do post | comentar | ver comentários (6)
Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Mais sobre mim

Contacto

jorgeassuncao@europe.com

Subscrever feeds

Pesquisar neste blog

Links

Arquivos

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Julho 2006

Secções

desporto(383)

politica nacional(373)

cinema(291)

economia(191)

música(136)

ténis(132)

humor(131)

futebol(130)

eleições eua(118)

estados unidos(115)

portugal(115)

blogs(109)

miúdas giras(93)

jornalismo(88)

politica internacional(87)

governo(79)

televisão(74)

blogosfera(69)

oscares(68)

pessoal(55)

todas as tags

blogs SAPO