Quarta-feira, 8 de Agosto de 2007

Maravilhas a Assobiar


Monumento ao presidente Laurent Kabila, na Rep.Democrática do Congo (antigo Zaire)

Via A Arte da Fuga chego às Sete Maravilhas do Mundo Totalitário. Segundo a Esquire estas são:
  1. Monumento ao presidente Laurent Kabila, Rep. Democrática do Congo (Kinshasa)
  2. Mausoléu de Lenine, Rússia (Moscovo)
  3. As Mãos da Vitória, Iraque (Bagdade)
Secções:
publicado por Jorge A. às 22:16
link do post | comentar
Sábado, 7 de Julho de 2007

6 Maravilhas...


In Brazil, the cost of voting via text has been waived by telephone companies and the president, Luiz Inacio Lula da Silva, has encouraged citizens to take part.

Tirando a escolha do Cristo Redentor para figurar na lista das novas 7 maravilhas do mundo, todas as restantes pareceram-me bem. Acho que Angkor ou a Acrópole de Atenas, mereciam o seu lugarzinho nas 7, mas para pena dos cambodjanos e dos gregos, estes não figuram na lista do top 10 dos paises mais populosos do mundo. E sorte a nossa, que outros que figuram, não fizeram campanha à la brasileira... até o nosso primeiro (carinhosamente tratado pela jornalista de serviço como srºengenheiro...), disse que nestas coisas, não estando Portugal representado, votava no Brasil. É um estado de espirito este que me leva ao post que anteriormente publiquei.


The New Colossus

Not like the brazen giant of Greek fame,
With conquering limbs astride from land to land;
Here at our sea-washed, sunset gates shall stand
A mighty woman with a torch, whose flame
Is the imprisoned lightning, and her name
Mother of Exiles. From her beacon-hand
Glows world-wide welcome; her mild eyes command
The air-bridged harbor that twin cities frame.
"Keep, ancient lands, your storied pomp!" cries she
With silent lips. "Give me your tired, your poor,
Your huddled masses yearning to breathe free,
The wretched refuse of your teeming shore.
Send these, the homeless, tempest-tost to me,
I lift my lamp beside the golden door!"


Emma Lazarus, 1883

Já quanto à assobiadela que o público presente no estádio da Luz decidiu brindar a estátua da Liberdade, recorro às palavras do CAA neste post:

Não admira - a Liberdade nunca foi da nossa predilecção. Mais vale bater palmas a uma coisa qualquer feita por um tirano.

O pior é que por trás desta assobiadela está presente o anti-americanismo que grassa na sociedade portuguesa. Um anti-americanismo esse que já leva as pessoas a tratarem a estátua da Liberdade como se fosse uma qualquer estátua do Saddam em Firdos Square, Bagdad. Em Portugal tem-se a tendência de tratar os americanos como ignorantes, mas temo que o anti-americanismo latente na sociedade portuguesa, e, sobretudo, a forma como alguns manifestam esse sentimento, é um bom exemplo da ignorância que por cá também grassa. A propósito disto também teria a dizer uma coisa ou duas sobre o protocolo de Kyoto e o Live Earth, mas para já fico por aqui...

publicado por Jorge A. às 23:28
link do post | comentar
Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Mais sobre mim

Contacto

jorgeassuncao@europe.com

Subscrever feeds

Pesquisar neste blog

Links

Arquivos

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Julho 2006

Secções

desporto(383)

politica nacional(373)

cinema(291)

economia(191)

música(136)

ténis(132)

humor(131)

futebol(130)

eleições eua(118)

estados unidos(115)

portugal(115)

blogs(109)

miúdas giras(93)

jornalismo(88)

politica internacional(87)

governo(79)

televisão(74)

blogosfera(69)

oscares(68)

pessoal(55)

todas as tags

blogs SAPO