2 comentários:
De Ana Campos a 17 de Novembro de 2009 às 13:57
Já vai o tempo que a diferença entre eles era abismal.
Peço desculpa, mas AGORA E MAIS QUE NUNCA, são todos iguais.

beijinhos
De Jorge Assunção a 17 de Novembro de 2009 às 14:07
Não. Não são, Ana. Agora e mais que nunca é que importa perceber que não são.

Comentar post