8 comentários:
De Fortix a 27 de Setembro de 2009 às 00:12
Hulk pode sofrer muitas faltas... mas está a ficar também um reles simulador! Foi o que aconteceu no lance do 1.º amarelo a Veloso... Pffff!
1.º amarelo a Abel: mais uma reles simulação de Hulk!
Se o lance em que Polga viu o amarelo é lance para amarelo, por que não viu Falcão o cartão numa falta por trás sobre Carriço?
Meireles deu uma sarrafada em Abel; árbitro marcou falta, mas não mostrou o 2.º amarelo. Critério diferente p/ Veloso, Polga e Abel. Porquê?
De Bagonha a 27 de Setembro de 2009 às 00:46
Porque são jogadores do FCP, ora porque é que havia de ser? Depois o Benfas é que vai ao colo...
De Jorge Assunção a 27 de Setembro de 2009 às 10:27
Eu queria ver respondida era esta questão: porque raio o Paulo Bento utilizou o Polga? O resto é treta.
De António de Almeida a 27 de Setembro de 2009 às 10:02
Mas existiu dualidade de critérios, Raúl Meireles deveria ter sido o primeiro a saír, perdoando o segundo cartão ao médio azul e branco, Miguel Veloso deveria ter ficado em campo.
De Jorge Assunção a 27 de Setembro de 2009 às 10:22
António, não vi nenhuma dualidade de critérios. Meireles na primeira falta que fez viu um amarelo. Houve várias faltas semelhantes no início do jogo, feitas por jogadores do Sporting, o árbitro não deu nenhum cartão (aliás, o público no Dragão manifestou-se e bem sobre isso com assobiadelas). Afirmar que Meireles devia ser expulso ou que houve dualidade de critérios é uma não questão. E longe de mim lembrar-me de defender o FCP. Mas já só falta que um jogo como aquele que houve ontem, tão banal do ponto de vista da arbitragem, resultasse neste chinfrim todo. Mas eu percebo Paulo Bento: o caso do jogo foi a utilização de Polga, escolha do belo técnico sportinguista.

Quanto a Veloso, quando foi expulso estávamos bem dentro do tempo de desconto. Não influenciou em nada o resultado. Nada. E se Veloso queria ficar em campo, dado que tinha um cartão amarelo, não fizesse aquela entrada no tempo de desconto.
De Nuno a 27 de Setembro de 2009 às 15:36
olá,

se o Hulk é fiteiro que dizer do Aimar?
De Jorge Assunção a 27 de Setembro de 2009 às 15:43
O Aimar é fiteiro? Claramente devemos habitar em universos diferenciados o que comprova a tese sobre a possível existência de universos alternativos. Por outro lado, nota-se que o Jorge Coroado anda a fazer escola.
De Jorge Assunção a 27 de Setembro de 2009 às 15:47
Mas deixo só uma pequena nota: repare que ser fiteiro, presumo, é andar a cair constantemente sem que ninguém lhe toque. Coisa em que o Hulk começa a tornar-se especialista. O Aimar, por muitos defeitos que tenha, não lhe reconheço essa habilidade: a de cair sem sofrer qualquer toque. Podemos questionar se todos esses toques eram motivo para falta ou marcação de grande penalidade (que é aquilo que os anti-benfiquistas mais têm atravessado na garganta), mas não lhe chamemos fiteiro a bem da seriedade que se exige.

Comentar post