2 comentários:
De Planetas -Bruno a 15 de Setembro de 2009 às 20:59
"Ghost" é um must, vale mesmo a pena rever.
De Livia Borges a 16 de Setembro de 2009 às 09:56
Como eu disse onetm, com Patrick Swayze morreu a minha adolescência.
Desde o Dirty Dancing - sei as musicas todas de cor, tenho um dos discos (velhinho LP, em vinil) e outro tenho-o em cassete (daquelas de fita...) - passando pelo Norte e Sul, pelo Ghost - lembro-me do cinema cheio e de ter achado Woopy fantástica (e lá ganhou o Oscar) - e terminando na Ruptura Explosiva (Profissão: Duro também foi um marco), o primeiro filme em que se viram os chamados desportos radicais, desde o bungee jumping ao surf, numa altura em que ninguém sabia o que era isso nestas terras lusitanas.
Um marco, sem dúvida, daqueles anos teenagers.
Deixa saudades, mas deixa, sobretudo, connosco, a sua imortalidade.

Comentar post