Quinta-feira, 20 de Agosto de 2009

Pelo cano abaixo

 

A reforma da saúde prometida por Obama cada vez mais enfraquecida à medida que a popularidade do presidente vai desaparecendo (via: gallup).

publicado por Jorge Assunção às 23:42
link do post | comentar
6 comentários:
De Daniel João Santos a 21 de Agosto de 2009 às 10:21
Um país egoísta como os EUA, para não dizer outra coisa, evidentemente que prefere gastar biliões em armamento do que gastar milhões nas pessoas.
De António de Almeida a 21 de Agosto de 2009 às 11:56
Errado Daniel, não julgues 300 milhões de pessoas, a verdade é que em tempos te expliquei que ninguém está excluído, existe o Medicaid, a questão é manter a saúde no domínio privado, ou criar um SNS, eu prefiro mil vezes a primeira hipótese, reduz custos, anulando desperdício de recursos, por exemplo em burocracia.
De Daniel João Santos a 21 de Agosto de 2009 às 12:56
Ninguém está excluído...

lembrei-me daquele americano que teve um acidente e cortou três de doas, mas esse sistema "que ninguém está excluído" só lhe permitia reconstruir um deles... exacto, ninguém está excluído.
De Jorge Assunção a 21 de Agosto de 2009 às 16:20
Ninguém está excluído dos cuidados básicos. De resto, os 90% que têm acesso a óptimos cuidados de saúde, não estão dispostos a sacrificarem a qualidade da sua saúde para que os restantes 10% tenham igualdade de tratamento. Tu dizes: e como é que é com aquele rapaz que tinha três dedos para reconstruir e só lhe foi permitido reconstruir um? E eu digo: e como é que é com aquela velhota que precisa de um tratamento para viver mais uns anos, mas porque o Estado acha que tal tratamento não é prioritário, está destinada a morrer agora? Como é que é se não tivesse existido uma inovação médica que permitisse reconstruir dedos? E esta questão da inovação é fundamental: porque se ninguém inovar é fácil afirmar que todos devem ter direito ao que há? E ao que está para vir? E como é que se garante que o ritmo de inovação se mantenha elevado como está? Porquê que os Estados Unidos inovam muito mais que os restantes países? Será que tem algo a ver com a forma como funciona a sua saúde?
De jorge a 21 de Agosto de 2009 às 14:16
Por exemplo, com os alemães e com os franceses não existem médicos no privado e médicos no público. Existem médicos. Escolhe-se aquele a que se vai e o seguro (na Alemanha) ou o estado (na França) paga a conta. No caso alemão, pode-se escolher entre vários seguros disponíveis, desde os completamente gratuitos (AOK, por exemplo) àqueles em que se paga alguma coisa (com níveis de serviço diferenciado). Portanto, acabar com o actual SNS e a dicotomia público/privado não é o fim do mundo. Os dois exemplos apresentado têm a vantagem adicional de os médicos serem escolhidos pelo seu mérito em vez de ser por trabalharem no centro de saúde da área de residência do paciente. E a burocracia é bem menor, como diz o António.
De Jorge Assunção a 21 de Agosto de 2009 às 16:03
Curiosamente, os Estados Unidos gastam muito mais em saúde em percentagem do PIB que a maioria dos países europeus. E têm dois mecanismos públicos de apoio aos mais desfavorecidos e aos idosos: o Medicaid e o Medicare.

Comentar post

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Mais sobre mim

Contacto

jorgeassuncao@europe.com

Subscrever feeds

Pesquisar neste blog

Links

Arquivos

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Julho 2006

Secções

desporto(383)

politica nacional(373)

cinema(291)

economia(191)

música(136)

ténis(132)

humor(131)

futebol(130)

eleições eua(118)

estados unidos(115)

portugal(115)

blogs(109)

miúdas giras(93)

jornalismo(88)

politica internacional(87)

governo(79)

televisão(74)

blogosfera(69)

oscares(68)

pessoal(55)

todas as tags

blogs SAPO