19 comentários:
De manuel gouveia a 20 de Julho de 2009 às 22:55
À parte do título da reportagem do DN, o programa da Fox apresenta uma conjunto de inconsistências difíceis de explicar...
De Jorge Assunção a 20 de Julho de 2009 às 23:09
Queres é conversa, Manuel. Queres explicações encontras aqui:
http://www.badastronomy.com/bad/tv/foxapollo.html

Ou aqui:
http://science.nasa.gov/headlines/y2001/ast23Feb_2.htm
De manuel gouveia a 21 de Julho de 2009 às 15:14
É triste quando temos a arrogância de quem se julga detentor do conhecimento.
De Jorge Assunção a 21 de Julho de 2009 às 15:25
Sobre o assunto não tenho conhecimento, mas têm o Phil Bait e o Tony Phillips. O que é triste é quando a pessoas sem conhecimento, como as que estão na origem das teorias da conspiração, é dada voz e estas aproveitam para lançar a confusão e enganar outros. Se ainda fosse coisa nova, mas quando a teoria é velha e está mais que desmentida, é realmente triste.
De manuel gouveia a 21 de Julho de 2009 às 15:28
A verdade não é a preto e branco. As imagens de uma bandeira desfraldando ao vento não podem ter sido captadas na lua...
De Jorge Assunção a 21 de Julho de 2009 às 15:59
"As imagens de uma bandeira desfraldando ao vento não podem ter sido captadas na lua..."

Evidentemente que não. É por isso que a imagem não é a de uma bandeira desfraldando ao vento. Isso está tudo explicado, como já te disse. Se um pano não é esticado por completo fica com ondas, tipo cortinado de casa. É isso que se passa com a fotografia da bandeira. Repara neste vídeo:
http://www.youtube.com/watch?v=MunPi3ifqpw

Depois de o astronauta deixar de mexer na bandeira, vês esta "desfraldando ao vento"? Obviamente que não. Esta fica inerte, tal como seria de esperar.
De manuel gouveia a 21 de Julho de 2009 às 17:20
Definitivamente estas imagens não são as mesmas que estão no documentário nem o ângulo de fimagem é o mesmo.
De Livia Borges a 22 de Julho de 2009 às 10:55
Sr. Manuel Gouveia - a teoria da conspiração da não chegada do homem à Lua realmetne já é velha, mas a verdade é que estivemos mesmo lá. Quanto à bandeira supostamente desfraldada ao vento, isso já foi provado que tratou-se de uma ilusão de óptica, dado efectivamente o ângulo de filmagem, mas que é perfeitamente plausível com a quase inexistência de atmosfera na Lua e com o vácuo e etc. e tal.
Agora, deixe lá os imperialistas americanos com a vitória da chegada do homem à lua, que é relembrada até à náusea no Ocidente e mais a propaganda da Nasa.
A verdade é que os russos é que sempre estiveram - e continuam - à frente na corrida ao espaço. E contra esses factos não há argumentos.
De manuel gouveia a 22 de Julho de 2009 às 11:39
Longe de mim atacar vacas sagradas e seguramente nunca o imperialismo americano que nos deu a Coca Cola!
De Livia Borges a 22 de Julho de 2009 às 14:39
E a McDonald's!
De manuel gouveia a 22 de Julho de 2009 às 14:57
Como me fui esquecer um dos maiores símbolos do progresso e democracia?
De Francisco Castelo Branco a 20 de Julho de 2009 às 23:48
Nao acredito nessas teorias...

Até porque foram 12!!! os astronautas a pisarem o solo da Lua...

De manuel gouveia a 21 de Julho de 2009 às 15:28
Como os apóstolos...
De Daniel João Santos a 21 de Julho de 2009 às 10:18
Aposto que o jornalista em questão acredita que a terra é plana.
De manuel gouveia a 22 de Julho de 2009 às 11:39
Também tenho provas disso!
De Livia Borges a 21 de Julho de 2009 às 10:21
Isso é uma mesquinhice de quem não tem nada que fazer.
Fomos à lua, sim senhor.
Consegue-se provar. Nunca niguém viu os Caçadores de Mitos?
De Jorge Assunção a 21 de Julho de 2009 às 15:09
Não é uma mesquinhice. É um pormenor que revela alguma coisa sobre a qualidade do jornalismo que temos.
De Livia Borges a 22 de Julho de 2009 às 10:51
Estás a atacar o mensageiro e não a mensagem. Não está correcto.
De Jorge Assunção a 22 de Julho de 2009 às 16:07
Obviamente que não. Estou a atacar a mensagem que está errada: não é preciso grande conhecimento para saber que as dúvidas sobre a ida do homem à lua não terão começado em 2001. É um pormenor, mas diz muito sobre aqueles que tem como missão fazer-nos chegar a mensagem.

Comentar post