Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Despertar da Mente

"Democracy and socialism have nothing in common but one word, equality. But notice the difference: while democracy seeks equality in liberty, socialism seeks equality in restraint and servitude." Alexis de Tocqueville

"Democracy and socialism have nothing in common but one word, equality. But notice the difference: while democracy seeks equality in liberty, socialism seeks equality in restraint and servitude." Alexis de Tocqueville

Despertar da Mente

29
Jun09

Desconfiança

Jorge A.

No estudo que o João Carvalho faz referência aqui, fora o título sensacionalista, existem algumas coisas interessantes a reter (com pena minha, não encontro o estudo disponível na net). Mas uma das conclusões a que chegam é que as instituições que geram maior desconfiança por parte dos portugueses são as instituições que nos governam. Quase 70% dos inquiridos revelaram pouca ou nenhuma confiança nessas mesmas instituições. Ora, se as instituições que nos governam são aquelas de quem mais desconfiamos, porque raio teimamos em insistir que é através do reforço do poder destas que podemos resolver a nossa situação?

3 comentários

  • Imagem de perfil

    Jorge Assunção 30.06.2009

    Também acho a desconfiança saudável, Ana. Mas ao mesmo tempo que desconfiamos das instituições governamentais, depositamos uma enorme confiança que sejam elas a resolver os nossos problemas. E como é que pedimos para que elas resolvam o nosso problema: regulando mais e mais a sociedade. E a desconfiança é alicerçada na corrupção que também grassa. Ora, onde a corrupção reina, mais regulação aumenta os mecanismos pelos quais a corrupção pode ser exercida. O que aumenta por sua vez a desconfiança. As pessoas no caso serão importantes, mas há aqui um problema cultural que vai muito para além desta ou daquela pessoa.
  • Jorge, tens toda a razão, mas eu não sou a favor de mais e mais regulação estatal. Sou a favor de uma redução do papel do estado na sociedade, e do seu peso também. É que actualmente o estado está metido em tudo e as instituições-chave não funcionam.
    Mesmo que o problema (corrupção e desconfiança)seja cultural e mais abrangente, as pessoas escolhidas para gerir este nosso colectivo fazem mesmo muita diferença. É um primeiro sinal, acho eu.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Mais sobre mim

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Links

  •  
  • Outras Casas

  •  
  • Blogs

  •  
  • Em Inglês

  •  
  • Think Tank

  •  
  • Informação

  •  
  • Magazines

  •  
  • Desporto

  •  
  • Audiovisual

  •  
  • Ferramentas

    Arquivo

    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2009
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2008
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2007
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2006
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D