15 comentários:
De Daniel João Santos a 10 de Junho de 2009 às 21:04
Ouviu de tal forma que até caiu.
De Jorge Assunção a 14 de Junho de 2009 às 21:27
Esperemos que a este aconteça o mesmo.
De commonsense a 10 de Junho de 2009 às 22:01
Penso que ele está já demasiadamente comprometido com os grandes investimentos públicos e os empresários do regime para poder agora voltar para trás. Está refém e prisioneiro.
Isto não augura nada de bom.
De Jorge Assunção a 14 de Junho de 2009 às 21:28
Também acho. Por isso, até porque o homem tem antecedentes, é bom que os meios de comunicação social prestem atenção a tudo o que vai ser aprovado nos últimos dias de governo. Tanto mais quando o regresso do poder absoluto é cada vez mais uma miragem.
De André Miguel a 11 de Junho de 2009 às 18:54
Como diz o comentador acima também acho que Sócrates se armadilhou a si mesmo.
Os mega investimentos públicos que garantiu seriam a salvação para muitas das grandes empresas de obras públicas, ao mesmo tempo que garantiam o futuro do Sr. Pinto de Sousa. Mais ou menos ao estilo do Jorge Coelho.
O que vale é que o povo português tem destas coisas e volta e meia prega umas partidas.
De Jorge Assunção a 14 de Junho de 2009 às 21:29
Também concordo, André.
De manuel gouveia a 12 de Junho de 2009 às 12:15
O caso de 2004 é totalmente diferente! Em primeiro lugar não estávamos a atravessar a maior crise de sempre e depois Sócrates não era primeiro ministro!
De Jorge Assunção a 14 de Junho de 2009 às 21:30
Pois, isso já sabemos, Manuel: a opinião do Sócrates varia muito facilmente conforme o lado onde está.
De António de Almeida a 12 de Junho de 2009 às 16:42
Mudam-se os tempos...
De Jorge Assunção a 14 de Junho de 2009 às 21:31
Já dizia o grande Camões...
De manuel gouveia a 13 de Junho de 2009 às 16:32
Mas ao fim deste tempo todo vocês ainda acreditam no sócrates?
De Jorge Assunção a 14 de Junho de 2009 às 21:34
Acho que em alguém que prometeu 150 mil empregos não é possível acreditar (e não é por não ter realizado tal, mas porque era uma promessa que não estava dependente só dele para ser realizada - quem promete o que não pode só por si realizar, não tem qualquer credibilidade).
De manuel gouveia a 14 de Junho de 2009 às 21:44
Ui! Que susto! Por momentos pensei que era um comentário a defender o Sócrates! Os ares de Alcochete têm este tipo de efeito, especialmente quem atravessa a zona do Freeport...
De Lívia a 13 de Junho de 2009 às 16:56
"o povo falou. É bom que o Governo oiça"
E tu falaste?...
De Jorge Assunção a 14 de Junho de 2009 às 21:35
Há muito tempo.

Comentar post