Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Despertar da Mente

"Democracy and socialism have nothing in common but one word, equality. But notice the difference: while democracy seeks equality in liberty, socialism seeks equality in restraint and servitude." Alexis de Tocqueville

"Democracy and socialism have nothing in common but one word, equality. But notice the difference: while democracy seeks equality in liberty, socialism seeks equality in restraint and servitude." Alexis de Tocqueville

Despertar da Mente

05
Jun09

Reflexão para Domingo

Jorge A.

 

É desta, Federer? Talvez seja. O suiço acaba de se qualificar para a final onde terá como adversário Robin Soderling, o homem que eliminou Rafael Nadal. Federer não parece estar no seu melhor, mas por outro lado o que terá mudado é a atitude dos seus adversários, que nos dias que correm, quando entram em campo, não dão a derrota por certa tanto quanto davam não há muito tempo atrás. Por outro lado, o suiço continua a ter uma caracteristica que o distingue dos restantes jogadores: a gestão fisica que faz ao longo do encontro. O seu jogo não é excessivamente desgastante e isso explica quer porque ganha a maioria dos jogos que chegam a cinco sets, quer o motivo pelo qual o suiço está na sua 19ª final de um grand slam. Uma nota final para a forma como Federer, encontro após encontro, tem sido cumprimentado pelos seus adversários na rede no final do encontro. Nota-se que há ali um respeito muito grande de todos os jogadores em relação ao suiço. Atreveria-me a dizer que, neste momento, tirando Robin Soderling, todos os tenistas do circuito torcem pela vitória de Roger Federer em Roland Garros. E gosto de ver o sorriso de Matts Wilander pelo apuramento de Federer. Há uns tempos atrás Wilander disse que Federer "não tinhas bolas" para bater Nadal (e não, não é às bolas de ténis que se refere). Percebe-se bem porque disse isso: não foi para diminuir Federer em relação a Nadal, mas foi tão só uma frase de alguém que gosta tanto, mas tanto de um tenista, que queria muito que ele vencesse Nadal. Domingo, que ninguém diga que Federer "não tem bolas" para ganhar Roland Garros e cede à pressão. Que domingo, o FedEx levante finalmente a taça.

6 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

  •  
  • Outras Casas

  •  
  • Blogs

  •  
  • Em Inglês

  •  
  • Think Tank

  •  
  • Informação

  •  
  • Magazines

  •  
  • Desporto

  •  
  • Audiovisual

  •  
  • Ferramentas

    Arquivo

    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2009
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2008
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2007
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2006
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D