Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Despertar da Mente

"Democracy and socialism have nothing in common but one word, equality. But notice the difference: while democracy seeks equality in liberty, socialism seeks equality in restraint and servitude." Alexis de Tocqueville

"Democracy and socialism have nothing in common but one word, equality. But notice the difference: while democracy seeks equality in liberty, socialism seeks equality in restraint and servitude." Alexis de Tocqueville

Despertar da Mente

29
Mai09

Ler sondagens

Jorge A.

A forma de apresentar esta sondagem no Público é fantástica (vai com print screen antes que seja corrigida, se é que o vai ser):

 

“PS e PCP sobem nas intenções de voto para as europeias”

 

Como discutimos décimas, vale a pena frisar que curiosamente o PSD também subiu (mais que o PCP), mas percebo que tal seja acessório. Continuando:

 

“Uma subida das intenções de voto no PS, que se distancia do PSD, e no PCP, que ultrapassa o BE, são as duas novidades do estudo sobre intenção de voto para as eleições europeias de 7 de Junho feito pela Eurosondagem para a Renascença, Expresso e SIC.”

 

Pois, mas o PS distancia-se do PSD menos do que aquilo que sobe, porque o PSD também sobe. E o PCP ultrapassa o BE não só pelo que sobe, mas essencialmente pelo que o BE desce. Mas ainda tenho fé que façam referência à subida do PSD e à descida do BE:

 

“O PS subiu 1,2 por cento e atinge os 35,5 por cento. O PSD atinge os 32,5 por cento, o que significa uma diferença de três por cento em relação ao PS.”

 

Afinal não. Passemos então para a questão da descida do bloco (entre subidas e descidas, é aquele que tem a diferença maior de todos os partidos na sondagem em causa):

 

“A CDU, coligação que integra o PCP e o PEV, sobe três por cento, para 9,2 por cento. O BE aparece com 8,8 por cento, isto é, com menos 0,4 por cento do que a CDU. Já o CDS recebe 6,5 por cento das intenções de voto.”

 

Descida do bloco nada. A CDU é que subiu três por cento - três por cento, atenção, significa que passou de 6,2 para 9,2 - queriam dizer 0,3%, mas enganaram-se, enfim. É possível pedir que um jornalista saiba ler minimamente uma sondagem e interpretá-la?

6 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

  •  
  • Outras Casas

  •  
  • Blogs

  •  
  • Em Inglês

  •  
  • Think Tank

  •  
  • Informação

  •  
  • Magazines

  •  
  • Desporto

  •  
  • Audiovisual

  •  
  • Ferramentas

    Arquivo

    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2009
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2008
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2007
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2006
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D