De Ana Gabriela A. S. Fernandes a 29 de Maio de 2009 às 10:58
Jorge, sobre este assunto que ouvi logo de manhãzinha no rádio, acho que quem será mais afectado é o próprio Presidente, do período do cavaquismo, e não tanto o PSD actual.
Quanto às minas, quem os leva a sério, "really"?
Toda a gente se lembra de Aljustrel, não é?
Cá para mim os "rosinhas" estão a ficar mesmo desesperados. Seria interessante dar uma espreitadela às sondagens da Católica, já que agora é quase semanal esta mania das sondagens.
Um abraço e um bom "Roland Garros"!
De Jorge Assunção a 29 de Maio de 2009 às 12:13
"mais afectado é o próprio Presidente, do período do cavaquismo, e não tanto o PSD actual."

Talvez. Mas o que sobra para boa parte da opinião pública é que no que toca a suspeitas, ambos os partidos são iguais. É esse o objectivo: igualar. Depois entre iguais, dar Sócrates como aquele que faz. Eu já escrevi um post aqui no Despertar sobre isso: é a lógica da eleição de Lula no Brasil: "ele rouba, mas faz". E o rouba aqui é relativizado porque, para todos os efeitos, todos roubam.

"Um abraço e um bom "Roland Garros"!"

Eheheh. Correu mal o primeiro encontro. A tuga foi-se à vida. A adversária usava tácticas obscuras como as do PS. :)
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres