De Marco A. a 22 de Maio de 2009 às 09:32
Concordo.

Os EUA, tendo o mercado de trabalho (talvez por enquanto) mais liberalizado, num cenário de retoma, hão-de diminuir os indices de desemprego mais depressa do que nós (EU 15 ou 25). Recuperam mais depressa, da mesma forma que, em tempos de crise poderão caem também mais depressa.
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres