11 comentários:
De António de Almeida a 17 de Maio de 2009 às 18:56
-Já era tempo do Algarve voltar a estar representado ao mais alto nível. Mas conheço muito pouco da realidade do Olhanense para perceber se foi um acontecimento fortuito, ou pelo contrário um processo de crescimento consolidado.
De Jorge Assunção a 18 de Maio de 2009 às 18:25
Tenho para mim que o projecto é consolidado, talvez por isso não se mantenha por muito tempo no mais alto escalão (onde outros fazem loucuras para manter o nível).
De João Espinho a 17 de Maio de 2009 às 19:00
É uma boa notícia. E o Alentejo continua sem representante na Liga.
De Jorge Assunção a 18 de Maio de 2009 às 18:27
Quanto ao Alentejo, a não existência de um representante na Liga até pode ser bom sinal: realismo e menor ligação entre poder autárquico e clubes de futebol (muito típico no norte do país e, observação minha, menos típico no Algarve e Alentejo).
De Daniel João Santos a 17 de Maio de 2009 às 21:04
E muito bem.

(mandei-te um mail.)
De Jorge Assunção a 18 de Maio de 2009 às 18:28
E eu gostei da ideia do mail... :)
De manuel gouveia a 18 de Maio de 2009 às 10:49
Integra o reino dos Algarves!
De Jorge Assunção a 18 de Maio de 2009 às 18:29
Independência para o reino dos Algarves, já... ;)
De manuel gouveia a 18 de Maio de 2009 às 19:34
Madeira também!
De Jorge Assunção a 18 de Maio de 2009 às 19:39
Isso é lá com eles. Mas o Algarve, ao contrário da Madeira, é efectivamente contribuinte liquido em relação às restante regiões (se com a independência continuaríamos a ser é outra questão mais complexa). :)
De manuel gouveia a 18 de Maio de 2009 às 22:19
Lisboa é a única contribuinte liquida do país! Sem discussão!

Comentar post