5 comentários:
De Ana Gabriela A. S. Fernandes a 27 de Março de 2009 às 19:13
Jorge, não sabia que a empresa do Lego esteve para falir. Aquelas pecinhas coloridas foram uma óptima ferramenta em muitas tardes infantis. É que se podia construir praticamnte tudo o que conseguíssemos imaginar.
De Jorge Assunção a 27 de Março de 2009 às 21:40
É verdade Ana. E o Lego também recorda-me bons períodos da infância, embora, confesso, sempre fui maior adepto da Playmobil. :)
De Ana Gabriela A. S. Fernandes a 27 de Março de 2009 às 22:06
Claro! São diferentes gerações!

Comentar post