26 comentários:
De manuel gouveia a 25 de Março de 2009 às 14:11
Não meu caro, o que eu pretendo é que o esforço civilizacional feito pelo estado inclua também os empresários e não seja feito à custa dos mais fracos.
De Jorge Assunção a 25 de Março de 2009 às 22:35
Manuel,

não sei o que é isso dos mais fracos e dos mais fortes. O que sei é isto:

"Cem falências por dia"

http://www.correiomanha.pt/noticia.aspx?contentid=770AD4E2-43B3-4219-BE4D-ABA7EC3C092F&channelid=00000011-0000-0000-0000-000000000011

Os empresários são os que criam empresas que dão postos de trabalho. As tuas ideias só levariam a mais falências e ao desincentivo ao surgimento de novos empresários. O que tu defendes, apesar das boas intenções, teria o efeito de prejudicar os mais "fracos".
De manuel gouveia a 25 de Março de 2009 às 23:32
Olhe que não, olhe que não.

Comentar post