Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Despertar da Mente

"Democracy and socialism have nothing in common but one word, equality. But notice the difference: while democracy seeks equality in liberty, socialism seeks equality in restraint and servitude." Alexis de Tocqueville

"Democracy and socialism have nothing in common but one word, equality. But notice the difference: while democracy seeks equality in liberty, socialism seeks equality in restraint and servitude." Alexis de Tocqueville

Despertar da Mente

23
Mar09

Não querem definir um valor para o ano 2109?

Jorge A.

UGT espera que o próximo Governo “seja sensível” ao aumento do salário mínimo

João Proença destacou que “o objectivo de 500 euros ficou fixado no acordo tripartido de 2006”, no qual “ficou fixado claramente que seriam atingidos os 450 euros em 2009 [já em vigor] e dito que o objectivo era chegar aos 500 euros em 2011”.

É que só faltava que com a previsão para um 2009 péssimo em termos de actividade económica, um 2010 que não se espera muito melhor e um 2011 que não se sabe o que esperar, já existisse um valor definido para o salário mínimo em 2011. É também curioso ver propostas de salário mínimo para 2014, esta gente gosta mesmo de viver no mundo virtual. Eu cada vez percebo menos isto - qual era mesmo o mal das negociações ano a ano?

11 comentários

  • Imagem de perfil

    Jorge Assunção 23.03.2009

    Depende. Se refere-se aos administratores executivos de empresas privadas é obviamente uma proposta virtual.
  • Imagem de perfil

    manuel gouveia 23.03.2009

    Desde que tenham capital do estado ou recebido subsídios ou garantias....
  • Imagem de perfil

    Jorge Assunção 23.03.2009

    "Desde que tenham capital do estado ou recebido subsídios ou garantias...."

    Só compreendo isso nas empresas em que o estado tenha a maior parte do capital ou seja, tão só, o proprietário. Há empresas onde o estado tem capital, mas não tem posição maioritária - nessas os accionistas, sendo o Estado só mais um, devem decidir eles quais as remunerações dos gestores executivos. Na questão dos subsídios, eu proponho o fim dos mesmos. Nas garantias, não faz sentido, porque em último caso levaria a que só as empresas mal geridas tivessem interesse em recorrer às garantias.

    As coisas são sempre mais complicada Manuel. Fiquemos, por exemplo, pelas garantias. O Estado dá garantias que estão disponiveis para todos os bancos. Os bancos em maiores dificuldades serão os primeiros a recorrer às garantias e estas, estando disponíveis, têm um beneficio - uma taxa de juro mais baixa no mercado. O banco em dificuldades passa a ter acesso a uma taxa de juro mais baixa no mercado. O banco sem dificuldades passa a estar numa situação de desvantagem para com o banco em dificuldades - porque raio deve o Estado favorecer o banco em dificuldades face ao bem gerido? Não deve. Por isso, de certa forma, o Estado deve permitir que todos os bancos usufruam da garantia.
  • Imagem de perfil

    manuel gouveia 24.03.2009

    Eu reconheço que é mais simples reduzir os ordenado a quem ganha menos, por exemplo baixar o ordenado mínimo nacional... aí nunca seria uma ingerência do estado na esfera privada.

    Eu proponho um imposto de 90% sobre o valor das viaturas atribuídas, para uso pessoal, sem identificação da empresa, a incidir no valor remanescente acima dos 20.000€. E que o valor do leasing ou amortização da viatura seja declarado no IRS de quem a usa. Sem qualquer tipo de excepção .
  • Imagem de perfil

    Jorge Assunção 24.03.2009

    Manuel,

    a existência do salário minimo é uma ingerência do estado na esfera privada. Por mim, o salário minimo não devia existir.
  • Imagem de perfil

    manuel gouveia 24.03.2009

    Jorge mas tu defendes que os mais desfavorecidos devem ser impunemente explorados por patrões sem escrúpulos, ou defendes que a dignidade humana se sobrepõe à gula do lucro?

    O lucro não pode ser o objectivo último da sociedade humana!
  • Imagem de perfil

    Jorge Assunção 24.03.2009

    Desculpa lá, Manuel, mas que raio de pergunta essa? O que raio tem isso a ver com o debate sobre o salário minimo? Para mim, o salário minimo traz mais maleficios do que beneficios, compreendes isso? E não é uma questão de mais ou menos lucro.
  • Imagem de perfil

    manuel gouveia 25.03.2009

    Vamos por outra via: os empresários usam infra-estruturas pagas pelo estado, tiram partido do sistema de saúde dos seus funcionários ser pago pelo estado, etc... porque carga de água o estado não lhes deve impor um mínimo de obrigações sociais?
  • Imagem de perfil

    Jorge Assunção 25.03.2009

    "Vamos por outra via"

    Vamos por outra via: porque não somos todos socialistas/comunistas?
  • Imagem de perfil

    manuel gouveia 25.03.2009

    Não meu caro, o que eu pretendo é que o esforço civilizacional feito pelo estado inclua também os empresários e não seja feito à custa dos mais fracos.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Mais sobre mim

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Links

  •  
  • Outras Casas

  •  
  • Blogs

  •  
  • Em Inglês

  •  
  • Think Tank

  •  
  • Informação

  •  
  • Magazines

  •  
  • Desporto

  •  
  • Audiovisual

  •  
  • Ferramentas

    Arquivo

    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2009
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2008
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2007
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2006
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D