De AP a 24 de Março de 2009 às 17:15
"a existência do salário minimo é uma ingerência do estado na esfera privada"
O Neo-liberalismo no seu melhor. Gostava de ver isso na prática (com empresas a pagar 200 ou 300 euros por mês). Que grande incentivo ao consumo...
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres