12 comentários:
De manuel gouveia a 19 de Março de 2009 às 13:55
Como se por lá também os patrões não deslocalizassem as suas empresas... mas, volto a insistir na comparação dos ordenados/produtividade dos caixas dos supermercados ou dos empregados do El Corte Inglés, que lá como cá praticam os mesmos preços de venda ao público. Diferente só mesmo os ordenados...
De Anónimo a 19 de Março de 2009 às 14:19
Comentário apagado.
De manuel gouveia a 19 de Março de 2009 às 14:23
São exactamente os mesmos, mesmo com a diferença do IVA. Como tenho familia em Elvas, verifico sempre os preços. Por exemplo, comprei uma vaporizadora da Polti (no Corte Inglés) e era o mesmo preço, apesar da diferença do IVA.

Já agora, sabe que por exemplo os carros são muito mais baratos em Espanha? Onde por exemplo troco os meus pneus...
De Jorge Assunção a 19 de Março de 2009 às 14:19
Manuel,

os caixas do El Corte Inglés ganham mais que os caixas do MiniPreço. Porquê?

De resto é um problema do nível de vida da economia onde estão inseridos. Em Espanha, se o El Corte Inglés pagasse o mesmo que paga em Portugal não arranjava trabalhadores.

E em Espanha, volto a dizer, os preços são mais altos que em Portugal. Onde é que o Manuel arranjou essa ideia que os preços são os mesmos?
De Manuel Gouveia a 19 de Março de 2009 às 14:26
São exactamente os mesmos, mesmo com a diferença do IVA. Como tenho familia em Elvas, verifico sempre os preços. Por exemplo, comprei uma vaporizadora da Polti (no Corte Inglés) e era o mesmo preço, apesar da diferença do IVA.

Já agora, sabe que por exemplo os carros são muito mais baratos em Espanha? Onde por exemplo troco os meus pneus...
De Jorge Assunção a 19 de Março de 2009 às 14:32
Manuel,

esta discussão dos preços não nos leva a lado nenhum - nem interessa para nada. O que me interessa é: quantos dos bens vendidos em Espanha nos supermercados são espanhóis e quantos dos vendidos em Portugal são portugueses?

A Zara pode vender produtos ao mesmo preço em Portugal e em Espanha, mas a produção está em Espanha. Percebe qual é o problema crónico português?

Comentar post