De manuel gouveia a 19 de Março de 2009 às 11:22
Só não percebo uma coisa: se os baixos salários são uma vantagem em tempo de crise, então na europa devemos ser o país menos afectado!
De Jorge Assunção a 19 de Março de 2009 às 13:25
Manuel,

não é essa a questão. Os salários devem estar associados à produtividade dos trabalhadores. É por isso que a Alemanha pode pagar mais do que nós aos seus trabalhadores e nem por isso deixa de ser competitiva.
De manuel gouveia a 19 de Março de 2009 às 13:55
Como se por lá também os patrões não deslocalizassem as suas empresas... mas, volto a insistir na comparação dos ordenados/produtividade dos caixas dos supermercados ou dos empregados do El Corte Inglés, que lá como cá praticam os mesmos preços de venda ao público. Diferente só mesmo os ordenados...
De Jorge Assunção a 19 de Março de 2009 às 14:19
Manuel,

os caixas do El Corte Inglés ganham mais que os caixas do MiniPreço. Porquê?

De resto é um problema do nível de vida da economia onde estão inseridos. Em Espanha, se o El Corte Inglés pagasse o mesmo que paga em Portugal não arranjava trabalhadores.

E em Espanha, volto a dizer, os preços são mais altos que em Portugal. Onde é que o Manuel arranjou essa ideia que os preços são os mesmos?
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres