Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Despertar da Mente

"Democracy and socialism have nothing in common but one word, equality. But notice the difference: while democracy seeks equality in liberty, socialism seeks equality in restraint and servitude." Alexis de Tocqueville

"Democracy and socialism have nothing in common but one word, equality. But notice the difference: while democracy seeks equality in liberty, socialism seeks equality in restraint and servitude." Alexis de Tocqueville

Despertar da Mente

08
Fev09

Six Things About Me

Jorge A.

O António de Almeida e o Tiago Moreira Ramalho desafiaram-me a enunciar seis particularidades minhas. Porque em boa parte a infância ajuda a explicar o que somos hoje, sem demoras:

  • Foi com o Santana Lopes que ganhei o fascinio pela politica (no flashback cognitivo, os congressos do PSD foram das coisas mais marcantes que ví em televisão enquanto puto - e o Santana Lopes era uma espécie de herói politico de infância).
  • As primeiras letras que aprendi a pronunciar do alfabeto em inglês foram o A, o S e o U, por ordem invertida, USA (culpa do programa espacial norte-americano). Desde novo que cedi à Dark Force e sempre revelei a minha adoração pelo poder oculto do imperialismo.
  • Entre as primeiras letras de músicas que me recordo balbuciar estão o Love Me Do dos The Beatles e o Blue Suede Shoes do Elvis Presley. E ao mesmo tempo afirmava convicto que os primeiros eram a melhor banda do mundo e o segundo o melhor cantor (isto muito embora não conhecesse mais nenhuma música para além daquelas e mesmo aquelas, conhecesse mal).
  • O primeiro carro que me fascinou foi o Citroen 2CV, culpa dessa série mitica da televisão portuguesa, Duarte & Companhia. E era uma convicção profunda, capaz de desafiar Lamborguinis e Ferraris.
  • O filme que vi mais vezes na minha vida será, com intervalo de confiança de 95%, o Ghost Busters. A explicação passa pelo primeiro contacto com um video e com a única cassete VHS disponível na altura.
  • Antes de decidir convictamente que era Economia o curso a escolher, era com Direito que sonhava (do que me livrei).

Basicamente, para já é isto. Quanto ao passar o desafio a outras seis pessoas (e evitando desafiar os mesmos que já foram desafiados por quem me desafiou), lanço o desafio ao Maldonado; à Serotonina; à Paula; à Liliana; ao André; e ao Pedro Soares Lourenço.

 

Adenda: serve também como resposta ao Daniel Santos.

6 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

  •  
  • Outras Casas

  •  
  • Blogs

  •  
  • Em Inglês

  •  
  • Think Tank

  •  
  • Informação

  •  
  • Magazines

  •  
  • Desporto

  •  
  • Audiovisual

  •  
  • Ferramentas

    Arquivo

    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2009
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2008
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2007
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2006
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D