Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Despertar da Mente

"Democracy and socialism have nothing in common but one word, equality. But notice the difference: while democracy seeks equality in liberty, socialism seeks equality in restraint and servitude." Alexis de Tocqueville

"Democracy and socialism have nothing in common but one word, equality. But notice the difference: while democracy seeks equality in liberty, socialism seeks equality in restraint and servitude." Alexis de Tocqueville

Despertar da Mente

18
Jan09

Desonestidade

Jorge A.

President 'has four years to save Earth'

Barack Obama has only four years to save the world. That is the stark assessment of Nasa scientist and leading climate expert Jim Hansen who last week warned only urgent action by the new president could halt the devastating climate change that now threatens Earth. Crucially, that action will have to be taken within Obama's first administration, he added.

Alguns pontos sobre o assunto. O primeiro é sobre esta ideia de que a salvação da Terra está dependente do presidente dos Estados Unidos. É certo que o Obama (qual Messias) prometeu a baixa do nível do mar a partir do momento em que fosse eleito, mas mesmo quem parte do pressuposto que o problema do aquecimento global existe e é motivado pelas emissões elevadas de dióxido de carbono, sabe que está longe do poder dos Estados Unidos de só por sí resolverem o problema. Existem por aí uns gráficos interessantes sobre o aumento das emissões futuras da China e da India (que ultrupassam em larga escala as diminuições previstas no mundo ocidental), países que representam cerca de um terço da população mundial e que nem tão cedo vão abdicar do seu desenvolvimento só porque o senhor Hansen está convencido do fim do mundo. O segundo é sobre os incentivos de alguém que dedicou-se nos últimos anos ao estudo do fenómeno aquecimento global e cujo financiamento e prestigio actual (especialmente este último) advém do fenómeno ter ganho eco mediático. O que seria de Hansen (ou de Al Gore) se o público e as entidades públicas remetessem o assunto do aquecimento global ao esquecimento? O terceiro ponto é sobre o prazo limite de actuação, atirado ao ar, e nem por acaso feito para coincidir com o período de duração do primeiro mandato do agora presidente-eleito. Retórica politica no seu melhor, que serve para forçar a acção, mas que de ciência tem muito pouco.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

  •  
  • Outras Casas

  •  
  • Blogs

  •  
  • Em Inglês

  •  
  • Think Tank

  •  
  • Informação

  •  
  • Magazines

  •  
  • Desporto

  •  
  • Audiovisual

  •  
  • Ferramentas

    Arquivo

    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2009
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2008
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2007
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2006
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D