Quinta-feira, 15 de Janeiro de 2009

Transparência

A iluminação de Natal da cidade de Lagoa (5818 habitantes)? 73 mil euros (12 euros por habitante). Bom investimento, sem dúvida.

 

Também sempre tive as minhas dúvidas quanto à razão de sobrevivência da revista Algarve Mais (onde todo o frequentador da noite algarvia mais tarde ou mais tarde acaba por ir parar na secção de fotografias). Já não tenho mais: 14 900 euros de publicidade pagos pelo Municipio de Portimão; 2 500 euros para o mesmo efeito pagos pelo Municipio de Lagoa; e a modesta quantia de 36 euros pela assinatura anual pagos pelo Municipio de Albufeira.

 

Eu vou assumir que os 275 mil euros que constam para o espectáculo de tango do Quinteto La Típica no Auditório Municipal de Lagoa é gralha. O mesmo digo dos 202 mil euros gastos no alojamento do grupo Stravagantsa Hits, uma vez que o espectáculo em si custou pouco mais de 13 mil euros. E os 106 mil euros gastos em 6 kits de mala Piaggio Fly está certamente errado.

 

O conselho de Lagoa aposta no desporto. E de que forma. Mais de 19 mil euros para o pagamento de estadias com vista à realização de um torneio de futsal masculino. A coisa correu tão bem, que pouco depois gasta-se mais de 34 mil euros nas estadias para o torneio de futsal feminino.

 

Um secador de cabelo automático de parede por mais de 17 mil euros? Não me cheira. Já oferta de almoços no valor de 14 mil euros às confrarias de gastrónomos portugueses, espanhóis e macaenses parece-me plausível. Contudo, os 9 mil euros de alojamento do senhor presidente de Câmara (e outros tantos para a secretária do Presidente) para um congresso de um dia em Lisboa é gralha certa.

 

A ANSOL está de parabéns por ter transformado este site público de funcionalidade nada amiga do utilizador e, por consequinte, inútil (útil para os governantes que poderiam gabar-se de um processo transparente - afinal estava tudo na internet), numa coisa útil com este motor de pesquisa.

 

É certo que muitos valores são gralhas, mas aí não é preciso explicar de quem é a culpa...

publicado por Jorge A. às 08:00
link do post | comentar
12 comentários:
De António de Almeida a 15 de Janeiro de 2009 às 10:06
Espectacular delapidação do erário público. Não me custaria acreditar que muitas empresas prestadoras de tais "serviços" pertençam a familiares e amigos dos boys titulares de cartão partidário, provavelmente nos partidos do bloco central de interesses, que tão "bem" gerem o dinheiro do contribuinte.
De João Felizmino a 15 de Janeiro de 2009 às 11:01
Efectivamente se carregares na entidade a quem foi adjudicado o ajuste directo, vais ter ao portal do Ministério da Justiça que te explica quem são os donos dessa entidade.

Provavelmente há casos... curiosos...
De Jorge A. a 15 de Janeiro de 2009 às 18:52
Obrigado pela dica.
De Jorge A. a 15 de Janeiro de 2009 às 18:51
"Não me custaria acreditar"

A mim já nem é uma questão de não custar acreditar. Pura e simplesmente, acredito que assim é.
De Livia Borges a 15 de Janeiro de 2009 às 15:54
Ah, já andas pelo site da Base...
De Jorge A. a 15 de Janeiro de 2009 às 18:54
Só indirectamente, que o site da Base foi feito para não ser utilizado. Mas para pena de alguns houve quem se lembrasse de tornar o site útil:
http://transparencia-pt.org/
De Tiago R Cardoso a 15 de Janeiro de 2009 às 19:19
Belíssimo momento, fiquei comovido com tanto bom investimento.

De Livia Borges a 16 de Janeiro de 2009 às 17:17
E imagina os problemas que têm as instituições para porem lá a informação! Aquilo é uma treta, mais uma das propagandas deste Governo. E a explicação para a não funcionalidade do site - ainda está em desenvolvimento - é para rir!
De Jorge A. a 16 de Janeiro de 2009 às 17:55
Não duvido. A prioridade do Governo para este tipo de projectos fica-se pela saida da noticia nos meios de informação.

Embora, neste caso, o BASE resulte do novo código de contratos públicos forçado por directiva da União Europeia. Da mesma forma que isto (e a transparência garantida com isso):
http://www.ifap.min-agricultura.pt/portal/page/portal/ifap_publico/GC_informacoes/GC_benef2007

Só existe porque a UE assim o impõe.
De Livia Borges a 18 de Janeiro de 2009 às 17:34
Lá estás tu a ensinar o Pai Nosso ao padre. Estou de licença, mas ainda não me esqueci totalmente das coisas...
De Miguel Madeira a 17 de Janeiro de 2009 às 23:41
Também me parece um pouco exagerado os 4.524 euros da assinatura da Revista Portuguesa de Filosofia:

http://www.base.gov.pt/_layouts/ccp/AjusteDirecto/Detail.aspx?idAjusteDirecto=5966

(para não falar nas despesas com fitas métricas).

No entanto, ocorreu-me algo: encontrei várias despesas estranhas em Lagoa (PSD) mas em Portimão (PS) pareceu-me tudo relativamente normal. Será que há uma politica deliberada de quem gere a base de dados para cometer erros ao registar as despesas de municípios da oposição (ou, pelos menos, pouco empenho em os corrigir) e nós estamos todos a cair como uns patinhos?
De Jorge A. a 18 de Janeiro de 2009 às 00:44
"Também me parece um pouco exagerado os 4.524 euros da assinatura da Revista Portuguesa de Filosofia"

Essa é gralha certa:
http://www.facfil.ucp.pt/subscription.html

"Será que há uma politica deliberada de quem gere a base de dados para cometer erros ao registar as despesas de municípios da oposição"

Dado que eu acho que o site for feito para não ser consultado (a não ser que a ANSOL também fizesse parte do esquema), não me parece que tal seja propositado.

Comentar post

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Mais sobre mim

Contacto

jorgeassuncao@europe.com

Subscrever feeds

Pesquisar neste blog

Links

Arquivos

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Julho 2006

Secções

desporto(383)

politica nacional(373)

cinema(291)

economia(191)

música(136)

ténis(132)

humor(131)

futebol(130)

eleições eua(118)

estados unidos(115)

portugal(115)

blogs(109)

miúdas giras(93)

jornalismo(88)

politica internacional(87)

governo(79)

televisão(74)

blogosfera(69)

oscares(68)

pessoal(55)

todas as tags

blogs SAPO