Terça-feira, 9 de Dezembro de 2008

Por muito que queiram evitar a questão...

... é mais que evidente que o The Dark Knight merece ganhar o óscar de melhor filme, quanto mais não seja porque tem os melhores apoiantes nessa missão. Um deles lembrou-se de fazer esta pequena maravilha (que remete para toda a campanha viral de marketing levada a cabo em nome do Joker):

 

 

Entretanto, aproveito e faço algumas rectificações a coisas que fui escrevendo. A primeira não é bem uma rectificação, mas é só para dizer que a banda sonora do The Dark Knight após explicações por parte dos autores da mesma, foi aceite a concurso. A segunda para, tendo em atenção que disse algures neste blogue que a Kate Winslet não devia ganhar o óscar de melhor actriz, retirar o que disse - deve ser das poucas grandes actrizes que ainda não recebeu nenhum, o que torna-se mais vergonhoso quando tantas tão mediocres o tem ganho nos últimos anos. E a terceira para dizer que Slumdong Millionaire talvez não seja tão underdog como eu ponderei, será mesmo um dos grandes favoritos.

Secções: ,
publicado por Jorge A. às 02:47
link do post | comentar
5 comentários:
De Nuno Gouveia a 9 de Dezembro de 2008 às 17:53
Continuo muito céptico quanto ao The Dark Knight, é um filme bom mas boa parte do buzz é a histeria em massa à volta da vontade de reconhecer o mérito de um actor morto. Espero estar errado, mas tudo indica que este ano todo e qualquer papel secundário masculino, por muito bem representado que seja, venha a ser quase ignorado devido ao Heath Ledger (estou a fazer figas para que a escolha de Josh Brolin em detrimento de Ledger pelo National Board of Review seja um augúrio de alguma coisa, mas não acredito nisso). É verdade que ainda não tive hipótese de ver os grandes candidatos ao óscar que ainda virão, mas da minha avaliação do The Dark Knight, não vejo como seja um filme que no futuro queiramos ter como um expoente máximo do cinema. Mas pronto, isto sou eu, e previamente já havia demonstrado o meu pouco apreço quanto à nova aventura do Batman.
A Kate Winslet é, muito provavelmente, a melhor actriz da sua geração e tenho imensa pena que ainda não tenha ganho nenhum óscar. Já quando foi pelo Eternal Sunshine of the Spotless Mind tive pena que naquele ano houvesse logo uma Hillary Swank a convencer os membros da academia que vê-la a fazer de homem outra vez merecia um óscar...outra vez. Tenho o mau pressentimento que este ano o facto de ter 2 optimas performances vai prejudicá-la imenso. O seu papel principal em Revolutionary Road e o seu papel secundário em The Reader parecem ser ambos muito promissores, mas a existencia de ambos levará certamente a um split vote. Parece que a Kate Winslet se está a tornar uma Meryl Streep sem óscares nenhuns.
Este é um ano muito pouco definido a nível de representações femininas. Ao contrário das representações masculinas, onde já há claramente favoritos (Mickey Rourke e Clint Eastwood para actor principal; Ledger para actor secundário), ninguém se atreve a condecorar nenhuma actriz com uma futura nomeação...pelo menos ainda. Antes de sequer começar esta época de oscarwatching a grande favorita era Meryl Streep, mas o furor esfriou quanto a Doubt. Falou-se em Angelina Jolie, mas os críticos dizem estar longe de fantástica. E quanto a Julianne Moore infelizmente afundou-se a hipótese com o filme de Fernando Meirelles. Neste momento disparam-se tantos nomes ao ar (Cate Blanchett, Kate Winslet, Anne Hathaway, Sally Hawkins, etc, etc) que a pobre Kate não me parece que terá muita sorte.
Slumdog Millionaire é claramente o grande favorito neste momento. É o único filme que todos os críticos e oscarwatchers estão a por nas suas listas de favoritos. Logo veremos se este buzz aguentar-se-á por tempo suficiente.
De Jorge A. a 9 de Dezembro de 2008 às 19:41
Nuno,

"É verdade que ainda não tive hipótese de ver os grandes candidatos ao óscar que ainda virão, mas da minha avaliação do The Dark Knight, não vejo como seja um filme que no futuro queiramos ter como um expoente máximo do cinema."

eu compreendo o que queres dizer com isso, mas é também por isso mesmo que eu gostava que The Dark Knight ganhasse. Não há essa coisa a que chamas expoente máximo do cinema (embora o The Godfather esteja lá próximo). O cinema é feito por uma multiplicidade de géneros, reconhecer o filme do Nolan como o melhor de entre o seu género (sendo ao mesmo tempo um reconhecimento do género em si), só ficaria bem à Academia.

Eu vou-te dar um exemplo pessoal meu. O ano passado achei que o No Country for Old Men merecia ganhar o prémio e ganhou-o, mas achas que esse foi o filme que mais gostei de ver do ano passado? Longe disso. Ou em 2006? Achas que algum dos nomeados nos óscares foi o que eu mais gostei de ver esse ano? Também não.

Vou-te dar exemplos. Em 2006 adorei isto:
http://www.imdb.com/title/tt0454921/
http://www.imdb.com/title/tt0416449/

E em 2007 isto:
http://www.imdb.com/title/tt0486655/
http://www.imdb.com/title/tt0490204/

Claro que pelas normas do "expoente máximo do cinema", qualquer um dos quatro filmes que aponto acima não tinham hipóteses no óscar de melhor filme, mas eles foram exactamente para mim os melhores.

"tive pena que naquele ano houvesse logo uma Hillary Swank a convencer os membros da academia que vê-la a fazer de homem outra vez merecia um óscar...outra vez."

Essa é forte. No Million Dollar Baby eu acho o papel de Swank muito feminino (aliás, isso é peça fundamental no jogo entre ela e Eastwood, na relação pai/filha que se estabelece). Não vou argumentar qual das duas é melhor actriz, mas não incluiria certamente Swank na categoria de mediocre a que me refiro no post (estava antes a pensar nas Halle's, Gwyneth's e Charlize's para ser mais preciso).

"O seu papel principal em Revolutionary Road e o seu papel secundário em The Reader parecem ser ambos muito promissores, mas a existencia de ambos levará certamente a um split vote."

Bem, se atribuirem o estatuto de actriz principal em The Reader a coisa ficava resolvida. Bastava nomearem-na por um dos filmes para actriz principal. Por outro lado em actriz secundária, eu este ano acho que a coisa está atribuida: Penélope Cruz. Por isso já só imagino Winslet na categoria principal.

"Neste momento disparam-se tantos nomes ao ar (Cate Blanchett, Kate Winslet, Anne Hathaway, Sally Hawkins, etc, etc) que a pobre Kate não me parece que terá muita sorte."

Bem, eu prefiro a Blanchett à Winslet (não necessariamente este ano, falo em relação a capacidade enquanto actriz), e esta também ainda não ganhou nenhum óscar de actriz principal. Mas independentemente do valor enquanto actriz, é por Hathaway que torço.

"Slumdog Millionaire é claramente o grande favorito neste momento. É o único filme que todos os críticos e oscarwatchers estão a por nas suas listas de favoritos. Logo veremos se este buzz aguentar-se-á por tempo suficiente."

Eu tenho as minhas dúvidas... não necessariamente pela possível qualidade do filme, mas porque para ganhar o óscar tão importante quanto a qualidade é os contactos junto da Academia. Dúvido que neste último aspecto o Slumdog seja o melhor colocado.
De Nuno Gouveia a 9 de Dezembro de 2008 às 20:08
Bem, quanto à Hilary Swank, embora concorde que não seja mediocre como a Halle Berry por exemplo, não achei que fosse algo tão extraordinário quanto os restantes. Além disso a "Clementine" que Kate Winslet fazia foi para mim a representação feminina do ano. Mas enfim, são gostos.
Quanto à possível "solução" que referes, tenho quase a certeza que nos anúncios "For Your Consideration" do The Reader eles dão a Kate Winslet como Actriz Secundária (se bem que os votantes da Academia são livres de a considerar o que quiserem).
Quanto a Penelope Cruz ter o prémio garantido, acho que já esteve mais perto que agora. O facto de Vicky Cristina Barcelona ter aparecido cedo demais está a chamar a atenção para outras candidatas entretanto como as actrizes secundárias do Rachel Getting Married, a Viola Davis do Doubt, até a Marisa Tomei no The Wrestler e, lá está, a Kate Winslet. Tudo indica que nos primeiros visionamentos do The Reader, a resposta foi maioritariamente positiva dando um boost ao reconhecimento de Kate Winslet.
Já no que toca ao filme que gostava de ver ganhar...bem, honestamente adorava que Wall-E ganhasse, tal como no ano passado adorava que Ratatouille ganhasse (o que infelizmente não aconteceu e não acredito que venha a acontecer). Estes recentes filmes da Pixar representam uma grande evolução do filme de animação e tendo em conta que A Bela e o Monstro foi o primeiro filme animado nomeado para o cobiçado óscar, acho que é hora de que isso volte a acontecer. Oficialmente a ideia do óscar é premiar o expoente máximo do cinema nesse ano, pelo que é aí que eu não consigo encaixar The Dark Knight por nada.
E quanto a Slumdog Millionaire...bem, este ano é o "little movie that could" seguindo o legado de Sideways, Little Miss Sunshine e Juno. A cada ano que passa aparece um filme independente mais perto de ganhar o óscar, visto que há uma atenção maior da academia ao cinema independente. Não sei se será este ano que tal finalmente acontece, mas dadas as circunstancias terá mais hipoteses que Juno no ano passado. (Nota: não estou a considerar Crash aqui, porque no final de contas tinha um star power diferente envolvido no filme)
De Jorge A. a 9 de Dezembro de 2008 às 21:06
"honestamente adorava que Wall-E ganhasse"

Sabes que o que impede Wall-E de vencer é basicamente o mesmo que limita as possibilidade de The Dark Knight. Em teoria nenhum dos dois pode ser o "expoente máximo do cinema". Embora se os óscares servem para escolher o "expoente máximo do cinema nesse ano", tem falhado mais do que acertado.
De Tiago R Cardoso a 9 de Dezembro de 2008 às 19:19
não vi o filme, pelos vistos uma enorme falta minha.

Comentar post

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Mais sobre mim

Contacto

jorgeassuncao@europe.com

Subscrever feeds

Pesquisar neste blog

Links

Arquivos

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Julho 2006

Secções

desporto(383)

politica nacional(373)

cinema(291)

economia(191)

música(136)

ténis(132)

humor(131)

futebol(130)

eleições eua(118)

estados unidos(115)

portugal(115)

blogs(109)

miúdas giras(93)

jornalismo(88)

politica internacional(87)

governo(79)

televisão(74)

blogosfera(69)

oscares(68)

pessoal(55)

todas as tags

blogs SAPO