De António de Almeida a 21 de Novembro de 2008 às 22:52
-Já nem falando na preversidade que representa salvar umas industrias em detrimento de outras. Quem pode moralmente decidir que os empregos na industria automóvel são importantes, logo avança-se com um bailout, mas os postos de trabalho dos mineiros já são pouco importantes, logo recebem guia de marcha para o desemprego.
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres