De António de Almeida a 16 de Novembro de 2008 às 23:20
E que tal permitir a cada escola escolher o seu corpo docente? Só podem contratar professores, pelo que não venham com falsos argumentos, seria desde logo a primeira forma de avaliar, ninguém quer os incompetentes, como o quadro de professores é o que existe, as escolas entram em competição.
-Mas também fazer depender uma parte do financiamento do estabelecimento de ensino dos resultados obtidos pela escola, o ranking pode ter inúmeras variáveis , desde logo o ponto de partida, o que teria a vantagem de não exigir o mesmo a estabelecimentos com realidades diferentes
-Integrar na gestão da escola os municípios e pais dos alunos, descentralizando.
-Cada escola avaliar o seu corpo docente, sendo naturalmente permitido o recurso a quem se sinta lesado.

-Os protestos dos alunos resultam do clima, não creio que tenham sido manipulados, ou sequer que tal fosse possível, mas que a conjectura favoreceu os protestos, e que alguns professores de forma individual possam também ter influenciado, o que é diferente duma manipulação orquestrada. Não sei o papel que as juventudes partidárias têm agora nas A.E., nos anos 80 tinham bastante, fui dirigente duma A.E. em coligação JSD/JC, embora pessoalmente fosse independente, porque nunca me filiei.
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres