4 comentários:
De António de Almeida a 30 de Agosto de 2008 às 00:06
John McCain escolheu quem lhe deu mais garantias de poder ganhar a presidência, não quem melhor se adequava efectivamente à função.

John McCain e Barack Obama , estão ambos a jogar as mesmas armas, agora é certo, um negro ou uma mulher, pela primeira vez irão ocupar um dos 2 lugares mais importantes da nação. Resta saber se no papel de actor principal ou secundário.
De Jorge A. a 30 de Agosto de 2008 às 23:03
Caro António,

"estão ambos a jogar as mesmas armas, agora é certo, um negro ou uma mulher, pela primeira vez irão ocupar um dos 2 lugares mais importantes da nação."

se com as mesmas armas refere-se à utilização da "identity politics", parece-me que McCain está a tentar utilizar essa estratégia de forma muito mais descarada com esta escolha.
De Carlos Santos a 30 de Agosto de 2008 às 18:26
Por ser demasiado extenso, deixo o link para os problemas que vejo na escolha se Sarah Palin:
http://ovalordasideias.blogspot.com/2008/08/alguns-pros-e-cons-de-palin.html
De Jorge A. a 30 de Agosto de 2008 às 23:07
Caro Carlos,

no meu entender a escolha levanta mais contras do que prós, mas dependendo da construção narrativa que os republicanos consigam fazer de Palin, acho que pode dar frutos politicos.

Comentar post