Terça-feira, 18 de Agosto de 2009

Sobre o que o FMI diz

The fiscal response to the crisis was to increase government spending, lower taxes, and accept much larger fiscal deficits. Given the collapse of private demand, and the inability to reduce interest rates below zero, governments clearly chose the right response. But large deficits lead to rapid increases in debt, and, because debt levels were already high in many countries, such increases cannot go on for long. As large deficits continue debt sustainability comes increasingly into question. And, with it, comes the risk of higher long-term interest rates, both because of anticipated crowding out of private borrowers by government borrowers and because of a higher risk of default. How much longer can the fiscal stimulus continue? On its own, in most advanced countries, probably not very long.

 

A imprensa nacional decidiu focar o facto do FMI ter apontado num comunicado que a "retoma económica já começou". Pois, do que o FMI diz, o mais importante está no parágrafo que cito, que serve que nem uma luva na situação portuguesa. A dívida é o que mais nos deve preocupar neste momento.

Secções: ,
publicado por Jorge Assunção às 21:12
link do post | comentar

Advertimento

Banco de Portugal adverte instituições financeiras sobre falta de independência dos seus provedores

 

E quem é que adverte o Banco de Portugal sobre a falta de independência do seu governador face ao poder político?

publicado por Jorge Assunção às 20:19
link do post | comentar | ver comentários (1)
Segunda-feira, 17 de Agosto de 2009

Há quem queira dar poder à extrema-esquerda?

Pedroso junta-se a Ferro Rodrigues na defesa de que o PS se deve coligar à esquerda

 

Para os ilustres militantes socialistas referidos, o Partido Socialista deve coligar-se com partidos de extrema-esquerda que, entre outras coisas, defendem a nacionalização de alguns sectores da economia nacional. Não há limite para os estragos que o PS pode fazer ao país.

publicado por Jorge Assunção às 19:31
link do post | comentar | ver comentários (8)

O que não espero encontrar num jornal

Uma notícia igual à que vem hoje no Público:

O norte-americano Tiger Woods viu a liderança dos campeonatos PGA, em Chaska, Minnesota, encurtar de quatro para duas pancadas, após a terceira volta, mas continua na rota do seu 15.º "Major". Woods está no comando e, segundo as estatísticas, a vitória está... assegurada: nas 14 vezes que partiu à frente para a última volta, somou vitórias nos 14 torneios do "Grand Slam" que ostenta no seu palmarés.

E não espero porque à hora a que o jornal chegou ao leitor, já era conhecida a derrota de Tiger Woods. E menos espero porque, mesmo assumindo que a hora a que a derrota de Woods foi confirmada, já não podia ser relatada no jornal do dia seguinte, a quarta volta do torneio iniciou-se por volta das sete da tarde de ontem e à hora a que o Público fechou a edição já Woods encontrava-se taco a taco, em igualdade de pancadas, com o coreano Y.E.Yang. Com coisas destas, não é preciso perder muito tempo para perceber  o porquê dos problemas financeiros que a imprensa escrita tem tido por todo o mundo.

publicado por Jorge Assunção às 17:30
link do post | comentar
Domingo, 16 de Agosto de 2009

Discutir ideias para o país

Nos blogues de apoio aos dois principais partidos portugueses, discute-se assim e assim. Com tal nível de argumentação, estão muito bem defendidos os dois principais partidos portugueses.

publicado por Jorge Assunção às 22:47
link do post | comentar | ver comentários (2)

Este Benfica

Este ano somos campeões, é que nem há discussão. Para comprová-lo, entramos com o pé direito. É uma melhoria face ao ano passado que só não nota quem não quer. Por exemplo, ao contrário de Quique, o novo treinador, um daqueles tão tipico da agremiação encarnada que antes de ter ganho qualquer coisa já é o melhor, não recorre a David Luis para o lado esquerdo da defesa. Em certa medida, o adepto encarnado é um pouco o retrato do eleitor tipico português, vive de ilusões. Mas este ano é que é...

Secções: ,
publicado por Jorge Assunção às 22:19
link do post | comentar | ver comentários (1)

Este Porto

Jesualdo Ferreira e seus morcões não quiseram ficar atrás de Paulo Bento e seus muchachos. Entraram também com o pé direito. Contudo, fica evidente que o FCPorto joga mais com 10 do que o Sporting com 11. É também certo que os azuis e brancos estão no inicio desta época mais fracos do que no fim da última. Mas mais importante, dado o historial de venda de fruta do presidente dos dragões e a bem da verdade desportiva, é que não apareça qualquer 'miopia' localizada e conveniente dos homens de negro, tantas vezes responsáveis por ajudarem os jogadores do clube regional nortenho a superar crises de forma.

Secções: ,
publicado por Jorge Assunção às 19:49
link do post | comentar | ver comentários (1)
Sábado, 15 de Agosto de 2009

Este Sporting

Paulo Bento e seus muchachos entraram este ano com o pé direito. É difícil, sabem, começar tão bem com uma equipa em construção, muito embora só tenha entrado um novo jogador para a equipa titular. O comentador da RTP referia que no Sporting existem jogadores que ainda parecem não ter lugar definido, exemplo máximo no médio defensivo/defesa esquerdo Miguel Veloso. Desejo boa sorte ao treinador do Sporting. E manutenção da miopia reinante, quer aos adeptos, quer ao novo presidente do clube verde e branco, que acha que manter uma equipa tosca, com provas dadas, é estratégia correcta, ou que Paulo Bento ainda vai ser o Alex Ferguson do futebol português.

Secções: ,
publicado por Jorge Assunção às 21:10
link do post | comentar | ver comentários (1)

Isto promete

“Os filmes sobre o Holocausto mostram sempre os judeus enquanto vítimas”, diz ele, francamente exasperado pela falta de imaginação de Hollywood. “Já todos vimos essa história. Eu quero ver algo diferente. Vamos lá ver alemães que tremem de medo de judeus.” Aqui (via Rua da Judiaria)

Secções:
publicado por Jorge Assunção às 09:00
link do post | comentar | ver comentários (11)
Sexta-feira, 14 de Agosto de 2009

O pior já passou?

Não. O pior ainda está para vir: Portugal tem mais de meio milhão de desempregados. Depois do verão, esperemos que o número não pior drasticamente. E a retoma económica, infelizmente, por uma série de condicionantes, quando começar a verificar-se, dificilmente terá implicação imediata na redução da taxa de desemprego.

Secções: ,
publicado por Jorge Assunção às 14:28
link do post | comentar | ver comentários (5)

Hot Summer Days (V)

Kristen Bell

Secções:
publicado por Jorge Assunção às 14:14
link do post | comentar | ver comentários (4)
Quinta-feira, 13 de Agosto de 2009

Subsídios

Filme de zombies realizado com 50 euros vai chegar às salas de cinema. Foi exibido no festival de Cannes e vai ter exibição nos cinemas britânicos. Apesar de ter (muitas) duvidas sobre a qualidade da coisa, é possível afirmar que já conseguiu mais do que a maioria dos realizadores portugueses que sobrevive à custa do dinheiro do contribuinte.

Secções: ,
publicado por Jorge Assunção às 19:31
link do post | comentar | ver comentários (1)

Notícias na América

 

Os noticiários americanos são sempre muito mais educativos que os portugueses. A imagem de cima é de uma notícia da Fox News. Através desta imagem do médio oriente, somos informados que o Iraque foi anexado pelo Egipto ou coisa parecida.

publicado por Jorge Assunção às 13:06
link do post | comentar | ver comentários (4)
Quarta-feira, 12 de Agosto de 2009

Progresso

Segundo uma entidade ambientalista brasileira é passar a fazer 'xixi no banho'. Isto porque poupamos nas descargas de água da sanita (história com vídeo da campanha publicitária aqui). Foi impossível não me lembrar da solução engenhosa de Bernie Focker (Dustin Hoffman) no filme Meet the Fockers: "If its yellow let it mellow, if its brown flush it down".

Secções:
publicado por Jorge Assunção às 15:05
link do post | comentar
Terça-feira, 11 de Agosto de 2009

Sucesso?

It is not the material goods we want, it is the rewards. (…) The next time you see someone driving a Ferrari, don’t think this is someone who is greedy, think this is someone who is incredibly vulnerable and in need of love.” Alain de Botton

Secções: ,
publicado por Jorge Assunção às 21:13
link do post | comentar | ver comentários (1)

Depressão

Na entrevista de Campos e Cunha ao i, alguns pontos importantes, sobre a governação de Sócrates: É feita de uma forma politicamente arrogante e tecnicamente errada. Sobre o Bloco de Louçã: não é um partido que tenha um programa. Tem causas. E é fabricado por ex-maoístas e ex-trotskistas, nunca arrependidos. Sobre Ferreira Leite: É uma senhora da sua geração, que tem muito pouco a dizer aos portugueses neste momento. E das poucas vezes que fala tem depois de emendar três vezes. Sobre as grandes obras públicas: O TGV significa que teremos de pagar indemnizações compensatórias permanentemente, as auto--estradas vão estar vazias e tudo vai sair dos impostos. Vamos introduzir uma rigidez brutal nos orçamentos futuros - e os orçamentos já são difíceis de fazer porque há uma grande rigidez. A dívida pública é cada vez maior, os juros serão cada vez mais elevados, os salários dos funcionários públicos têm de ser pagos, tal como as pensões, e além disso tem de se pagar as parcerias público-privadas (PPP). O que sobra para gerir depois disto é muito pouco, o que significa que o investimento público será cortado, que as prestações sociais vão ser reduzidas e a culpa disso estará nas decisões tomadas hoje. Sobre o controlo orçamental: Em 2006 e 2007 houve efectiva consolidação das contas públicas, mas em 2008 não: todos os indicadores apontam para uma alteração significativa da evolução da despesa. A crise explica tudo: Em 2008 a economia portuguesa não foi muito afectada pela crise, e nessa altura o défice orçamental sem receitas extraordinárias foi de 3,7% do PIB, de acordo com as contas do Banco de Portugal.

publicado por Jorge Assunção às 17:44
link do post | comentar | ver comentários (2)

O mundo em 2000, imaginado em 1900

 

Em 1900, imaginava-se que no ano 2000 existiriam férias de verão no Polo Norte. Infelizmente, o aquecimento global não deu para tanto. Podem ver as restantes 'previsões' aqui (onde está incluída uma máquina de controlo do estado do tempo, o que pode ajudar a explicar a ideia de que em 2000 o homem faria férias de verão no Polo Norte).

publicado por Jorge Assunção às 16:55
link do post | comentar
Segunda-feira, 10 de Agosto de 2009

A direita caviar

“Darth Vaders” do blogue 31 da Armada hastearam bandeira da monarquia na Câmara de Lisboa

Secções:
publicado por Jorge Assunção às 17:57
link do post | comentar | ver comentários (4)

Gosto disto

If extraterrestrial civilizations are monitoring our TV broadcasts, then this is what they are currently watching.

Secções:
publicado por Jorge Assunção às 16:39
link do post | comentar
Domingo, 9 de Agosto de 2009

Inovação

Furthermore the non-progressive nature of many aspects of America - by encouraging economic dynamism - helps Europe to be as progressive as it is.

 

Isto é extremamente relevante, por exemplo, no debate sobre a saúde. Quanta da inovação no campo da medicina é produzida nos Estados Unidos? Quanta é produzida na Europa? A verdade, é que os americanos são bem mais inovadores que os europeus, e o facto de não terem um sistema de saúde nacionalizado é uma boa explicação para isso suceder. Os europeus, orgulham-se de ter um sistema de saúde melhor que o americano, mas se, por qualquer motivo, ficassem impedidos de usar as inovações destes, ficariam com um sistema bem mais pobre. E o que permite a elevada taxa de inovação norte-americana? A organização não socialista da sociedade e a concorrência privada entre institutos por produtos que resolvam as necessidades do mercado, sempre com a expectativa de que com isso, serão devidamente recompensados financeiramente. Com um sistema nacional de saúde, quem define as necessidades são os burocratas que gerem o sistema, e isso irá, necessariamente, reduzir o campo de acção dos inovadores.

 

Nota: para os menos familiarizados com os códigos de linguagem americanos, estes recorrem à expressão progressista para identificar a visão mais esquerdista da sociedade.

Secções: ,
publicado por Jorge Assunção às 09:50
link do post | comentar | ver comentários (3)

A lado nenhum

Este é mais um sinal a apontar para a probabilidade de o caso de Santa Maria não ter um desfecho claro.

 

Seis pessoas ficam cegas por manifesto erro e, muito provavelmente, não existirá um único responsável pelo sucedido. Um exemplo prático do que é este país.

Secções: , ,
publicado por Jorge Assunção às 09:10
link do post | comentar | ver comentários (3)
Sábado, 8 de Agosto de 2009

Uma forma de fazer política

Conselho de Bioética: Paulo Rangel garante que PS deu indicação que iria nomear Lobo Antunes e Maria de Belém pensou que o neurocirurgião seria designado pelo Governo (uma forma de dizer que confirma o que Paulo Rangel garante).

publicado por Jorge Assunção às 20:06
link do post | comentar | ver comentários (1)
Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Mais sobre mim

Contacto

jorgeassuncao@europe.com

Subscrever feeds

Pesquisar neste blog

Links

Arquivos

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Julho 2006

Secções

desporto(383)

politica nacional(373)

cinema(291)

economia(191)

música(136)

ténis(132)

humor(131)

futebol(130)

eleições eua(118)

estados unidos(115)

portugal(115)

blogs(109)

miúdas giras(93)

jornalismo(88)

politica internacional(87)

governo(79)

televisão(74)

blogosfera(69)

oscares(68)

pessoal(55)

todas as tags

blogs SAPO