Quarta-feira, 4 de Março de 2009

Economics Geek

O Greg Mankiw contestou a hipótese de crescimento económico futuro previsto pela administração Obama. Brad DeLong primeiro e Paul Krugman depois contestaram a argumentação de Mankiw. Greg Mankiw respondeu com uma proposta de aposta (sugerindo a Krugman que coloque parte do dinheiro ganho com o prémio Nobel em jogo). Que me perdoe a blogosfera portuguesa, mas a blogosfera económica americana é tão mais interessante.

Secções: ,
publicado por Jorge A. às 20:30
link do post | comentar | ver comentários (7)

O Frequentador de Cinema

The Moviegoer

Whatever happened to cinephilia? Does it still exist? I mean, in particular, the devotion of otherwise bookish souls to the screen. (The big screen, that is, not kind you are looking at now.) Do they still go to movies the way they once did? With anything like the passion, that is – the connoisseurship, the sheer appetite for seeing and comparing and discussing films?

Uma boa pergunta.

Secções:
publicado por Jorge A. às 19:27
link do post | comentar

Taxi

CDS-PP quer que Governo e regulador expliquem descida dos juros e aumento das margens dos bancos

O CDS-PP vai pedir ao governo e ao regulador que expliquem na Assembleia da República por que razão as taxas de juro estão a descer e as margens de lucro (“spreads”) cobrados pelos bancos sobem, afirmou hoje o líder do partido.

Alguém acredita que no CDS-PP não percebem mesmo porquê que os juros descem e os spreads sobrem? Nunca ouviram falar do conceito de risco? O anacleto Louçã não perguntaria melhor. E ainda acham que há esperança para a direita portuguesa no PP de Portas? Por favor...

publicado por Jorge A. às 19:00
link do post | comentar | ver comentários (4)
Terça-feira, 3 de Março de 2009

Viáveis II

Portas defende reformas para desempregados com mais de 55 anos

 

O anacleto Louçã não diria melhor. E ainda acham que há alguma esperança para a direita portuguesa no PP de Portas? Por favor...

publicado por Jorge A. às 20:53
link do post | comentar | ver comentários (5)

Viáveis

Portugal é um país de "pensões viáveis", diz o ministro da Solidariedade

 

As pensões são sempre viáveis, na medida em que os governos, como já o provaram, podem muito bem mudar as regras de atribuição das mesmas quando assim entenderem. O facto é que hoje estou a pagar para garantir a alguém 90% do último salário a que teve direito e a mim, muito provavelmente, não me pagarão muito mais que 60% do meu último salário quando me reformar. A minha geração é, de longe, a mais prejudicada com tal estado de coisas. Faria bem em revoltar-se.

publicado por Jorge A. às 19:08
link do post | comentar | ver comentários (11)

PS (Partido do Sócrates)

Manuela Ferreira Leite: Congresso do PS foi culto de personalidade excessivo e impróprio

 

Há uma coisa que discordo dos que têm vindo a criticar José Sócrates por ter reduzido o PS à sua figura. É que contrariamente, por exemplo, a um líder como Paulo Portas, cuja chegada ao CDS foi feita de ruptura e confrontação, José Sócrates desde novo que tem a sua existência associada ao partido (um boy, na verdadeira acepção do termo). Ou seja, antes do partido do Sócrates, já Sócrates era o partido. Não se conhece a Sócrates uma ruptura com o actual partido, não por acaso foi homem certo para dar a cara pelo mesmo nas televisões. A defesa acérrima que fez do consulado Guterres quando muitos eram os críticos do antigo lider é exemplificativa disso (ao contrário de Ferreira Leite que teve a coragem de criticar a saída de Barroso para Bruxelas). Não se julgue portanto que o PS está entregue a uma pessoa, o PS está entregue a sí próprio.

publicado por Jorge A. às 18:57
link do post | comentar | ver comentários (1)
Segunda-feira, 2 de Março de 2009

Homens Livres

Tudo isto tem faltado, desde há muito, em Portugal. E os portugueses não são, hoje, verdadeiramente livres. Não o são porque dependem mais do estado do que de si mesmos, e não o são porque o estado lhes impõe frequentemente obrigações que eles não gostariam de cumprir e às quais não deveriam ser obrigados. Esta situação foi resultado de um estatismo secular, ancestral na nossa cultura e na nossa história política (Portugal foi o primeiro estado unitário europeu), e não é o facto de votarem com alguma liberdade de tempos a tempos, que lhes confere a qualidade de homens livres.

Rui A. no Portugal Contemporâneo

publicado por Jorge A. às 20:09
link do post | comentar

Synecdoche, New York

 

Tinha ouvido maravilhas deste Synecdoche, New York. O grupo de actores, liderado pelo magnifico Philip Seymour Hoffman, e o argumentista Charlie Kaufman (The Eternal Sunshine of the Spoitless Mind) prometiam. Mas confesso que fiquei desiludido. O filme não segue o encadeamento lógico da maioria dos restantes filmes e permite múltiplas teorias sobre o que cada cena representa. Nesse sentido, para quem gosta de perder-se num filme e procura ambientes enigmáticos, este pode ser um filme a visionar.

 

Os actores, sem excepção, têm uma performance fabulosa, mas foi no argumento de Kaufman que me perdí. É certo que chegando ao fim do filme será possível enquadrar as cenas num todo que até então parecia inexistente. Mas é muito curta a linha que separa uma obra-prima complexa de uma história que no fim não é mais do que um conjunto de cenas sem sentido e uma história sem significado. Fruto da complexidade e densidade psicológica que Kaufman emprega à obra, será possível que muitos a considerem uma obra-prima, por mim não passará de uma obra menor.

 

E é impossível não comparar este filme de Kaufman ao Mulholland Drive de David Lynch. Quer nos temas, quer no mistério, quer no que se pretende com tal cinema. O próprio Kaufman admite que o seu filme é "sobre o que as pessoas quiserem que ele seja", não diferente do que Lynch diz do seu Mulholland Drive. Mas será injusto dizer que Kaufman imita Lynch, este não é a cópia de, mas tão só o Mulholland Drive da carreira de Kaufman. Infelizmente para mim, se Kaufman na capacidade de sonhar não é menor génio, na criação de ambientes está longe do génio de Lynch.

Secções:
publicado por Jorge A. às 18:31
link do post | comentar

Engraçado II

FCP, Sporting e Benfica totalizam 13 milhões de euros de prejuízo 

FC Porto (1,4 milhões de prejuízo), Sporting (2,3 de prejuízo) e Benfica (9,3 de prejuízo) ilustram a crise que muito provavelmente se acentuará na segunda metade da época e que só pode ser combatida com a transferência de jogadores no próximo Verão.

Tal como suspeitava, o Benfica apresenta as piores contas dos três grandes. Mas, no essencial, ambos estão a atravessar dificuldades semelhantes. O curioso é como o Correio da Manhã só deve ter lido um dos relatórios, porque hoje era notícia de destaque na capa: Falência ameaça Porto.

publicado por Jorge A. às 18:21
link do post | comentar | ver comentários (3)
Domingo, 1 de Março de 2009

Taegukgi hwinalrimyeo

 

The Brotherhood of War (traduzido no Brasil para A Irmandade da Guerra), é um grande filme de guerra (que não faço a mínima ideia se alguma vez passou pelas salas portuguesas). Para quem gostou do desembargue na Normandia tal como Spielberg o filmou n'O Resgate do Soldado Ryan, bem pode pôr este filme coreano sobre a guerra da Coreia no topo de cinema a ver brevemente. O argumento gira em torno de dois irmãos que são forçados a ingressar nas forças sul coreanas no combate ao invasor do norte e em toda a dinâmica que tal gera na relação dos dois irmãos, num ambiente de guerra em que a distinção entre o bem e o mal é dificultada. Este é um filme que no realismo encosta as produções americanas a um canto e prova que no que toca à representação da violência, o cinema coreano é o que dá mais cartas.

Secções:
publicado por Jorge A. às 18:20
link do post | comentar | ver comentários (2)

Fruto dos Tempos

Atlas felt a sense of déjà vu

BOOKS do not sell themselves: that is what films are for. “The Reader”, the book that inspired the Oscar-winning film, has shot up the bestseller lists. Another recent publishing success, however, has had more help from Washington, DC, than Hollywood. That book is Ayn Rand’s “Atlas Shrugged”.
Reviled in some circles and mocked in others, Rand’s 1957 novel of embattled capitalism is a favourite of libertarians and college students. Lately, though, its appeal has been growing. According to data from TitleZ, a firm that tracks bestseller rankings on Amazon, an online retailer, the book’s 30-day average Amazon rank was 127 on February 21st, well above its average over the past two years of 542. On January 13th the book’s ranking was 33, briefly besting President Barack Obama’s popular tome, “The Audacity of Hope”.
Secções: ,
publicado por Jorge A. às 17:55
link do post | comentar | ver comentários (3)

Parabéns

O Blasfémias faz cinco anos e O Insurgente fez quatro. Sem conseguir precisar qual o que vai à frente, são certamente os dois blogues onde gastei mais do meu tempo enquanto leitor da blogosfera. Parabéns a ambos.

publicado por Jorge A. às 16:10
link do post | comentar | ver comentários (4)

Engraçado

Assim vai o futebol nacional: Sporting com perdas de 2,3 milhões e Porto sofre prejuízo de 1,4 milhões. Mas o spin sportinguista na apresentação dos resultados foi tão bom que deu origem a que no Diário Digital a notícia seja apresentada assim: Sporting: proveitos operacionais sobem no semestre (já para os dragões o título não altera: FC Porto com prejuízo de 1,4 M€ no 1º semestre).

publicado por Jorge A. às 03:43
link do post | comentar | ver comentários (4)
Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Mais sobre mim

Contacto

jorgeassuncao@europe.com

Subscrever feeds

Pesquisar neste blog

Links

Arquivos

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Julho 2006

Secções

desporto(383)

politica nacional(373)

cinema(291)

economia(191)

música(136)

ténis(132)

humor(131)

futebol(130)

eleições eua(118)

estados unidos(115)

portugal(115)

blogs(109)

miúdas giras(93)

jornalismo(88)

politica internacional(87)

governo(79)

televisão(74)

blogosfera(69)

oscares(68)

pessoal(55)

todas as tags

blogs SAPO