Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Despertar da Mente

"Democracy and socialism have nothing in common but one word, equality. But notice the difference: while democracy seeks equality in liberty, socialism seeks equality in restraint and servitude." Alexis de Tocqueville

"Democracy and socialism have nothing in common but one word, equality. But notice the difference: while democracy seeks equality in liberty, socialism seeks equality in restraint and servitude." Alexis de Tocqueville

Despertar da Mente

10
Set07

Ressaca

Jorge A.

Djokovic had been the comedian of the United States Open, a 20-year-old Serb who had won over the crowd with his postmatch impressions of fellow players as well as his gutsy baseline game.

Federer did not care for his act. And in the accelerated end, Djokovic, playing in his first Grand Slam final, was not yet ready for the inimitable Federer.

Those were the closing words of his news conference, perhaps fueling a compelling rivalry between the fashionable traditionalist, Federer, and the YouTube star, Djokovic.

Not that Federer, 26, was willing to admit it. He is chasing one man, Pete Sampras, the retired career leader with 14 Grand Slam titles.

He could not say the same for Djokovic. Federer said he still considered Nadal his true rival, even as Djokovic joined the conversation.

Federer was dismissive of Djokovic’s impressions of other players — Nadal, Roddick, Andre Agassi and even Federer.

“I know some guys weren’t happy. I know some guys might think it’s funny. He’s walking a tightrope, for sure. If fans like it, it’s good for tennis, to be honest. It’s good to have a character like him out there, there’s no doubt.”

Federer left no doubt. For now.

Na minha modesta opinião, não é em Novak Djokovic, nem em Rafael Nadal, que Roger Federer encontra o seu maior rival e a sua principal motivação para manter-se no topo. É com a história da modalidade que Federer tem um ajuste de contas a concretizar. É verdade que Nadal uma vez ou outra traz Federer à terra e dá-lhe uma lição de humildade, mas a aparente vantagem de Nadal frente a Federer não deixa de ser fruto das circunstâncias. Nomeadamente da circunstância de Nadal invariavelmente ser eliminado nos torneios onde Federer é mais forte, enquanto Federer recorrentemente vai à final dos torneios de terra batida onde Nadal, por enquanto, é o rei. No dia em que Nadal ou Djokovic conseguirem rivalizar com Federer de igual para igual, dificilmente será por estes dois elevarem o seu jogo ao nível do jogo do suiço, mas será sempre por um abaixamento de forma do melhor jogador de todos tempos.

10
Set07

Federer Strikes Back

Jorge A.
A marcha imperial do Star Wars tocou após a vitória de Roger Federer no US Open deste ano - e o suiço exibiu mesmo um jogo imperial face ao sérvio. O (neste torneio) homem de negro fez maldades a todos os seus adversários, e só a terra batida de Paris continua a fazer mossa ao incontestável número um mundial. A minha expectativa é que em 2008 Federer ultrupasse de vez o recorde dos 14 grand slams de Pete Sampras... e, mais importante, que ganhe finalmente roland garros e faça o já merecido Grand Slam...
09
Set07

Tie-Break versão 2.0

Jorge A.
E foi com um passing shot maravilhosamente executado que Federer fechou o segundo set do desafio, que tal como no primeiro foi decidido no tie-break e após Federer ter recuperado de um break de desvantagem. É o caminho para o décimo segundo grand slam da carreira do homem de negro...

Para além do mais é curioso que no masters de Montreal, onde Djokovic derrotou Federer na final, o sérvio ganhou os seus dois sets do desafio através no tie-break. Federer bem avisou que este seria um bom encontro para a vingança... e a vingança, como se sabe, serve-se fria...
09
Set07

Tie-Break

Jorge A.
É assim, um tipo está no topo, lidera confortavelmente por 6-5 no primeiro set com quarenta nada no seu jogo de serviço. Três set points para fechar o set. Entretanto o homem de negro do outro lado do campo começa a esforçar-se um pouquinho. O sérvio treme. O homem de negro leva o encontro para o tie-break e não perdoa. Está feito, 7-6 para Federer no primeiro set. Nestas m*rdas, não há nada como consultar o oráculo de maradona para perceber no que isto vai dar:
09
Set07

Arthur Ashe Stadium

Jorge A.
Para já, com o jogo ainda no inicio, o que se pode dizer é que Djokovic ganha no camarote - com a presença de Maria Sharapova e Robert DeNiro no seu camarote - enquanto Federer ganha ao Hawk Eye. Indício que hoje Federer talvez não vá praguejar que "the system is killing me"... e ao contrário do ano passado, onde Tiger Woods sentava-se no seu camarote, este ano Federer não arrecadou nenhuma american star para o seu lado... diga-se, não precisa... mas Hollywood está em peso no estádio.
09
Set07

No comments

Jorge A.
A politica comunicacional portuguesa dos vários poderes instituidos para com o cidadão é desastrosa. Certamente que se trata de um problema cultural que não surgiu agora - o cidadão vê-se relegado para uma posição de forçosamente ter de acreditar no trabalho dos seus servidores públicos, sem que possa fazer muitas questões, ou fazendo-as, sem que possa obter respostas. Nesse sentido, o mito da melhor policia do mundo aplicado à nossa policia judiciária, é uma forma hábil de contornar o problemas da questões que não lhes podemos fazer - dos melhores não há muito que duvidar, nem muitas questões a levantar.

Mas não é só na relação das forças policiais para com o cidadão que esta falta de politica comunicacional está presente. Naqueles que nos governam ela também está perigosamente presente. Perigosamente porque esta situação comporta para mim dois perigos: o de afastar o cidadão daqueles que o governam e o de evitar um escrutínio mais efectivo dos governantes por parte dos cidadãos. Claro que para o governante tal situação é útil, não ter de prestar contas diariamente permite que o governo não tenha de assumir posição imediata perante assuntos incómodos - e quem diz os governantes, diz os responsáveis da policia judiciária.

Mas tenho cá para mim, que as instituições públicas não tem como utilidade servir quem as lidera, mas sim o cidadão. Talvez um dia, quem sabe, teremos uma James S. Brady Press Briefing Room... por enquanto... no comments...
08
Set07

Dez

Jorge A.
Foi com a décima vitória dos dez encontros que teve com Davydenko que Roger Federer apurou-se para a décima final consecutiva de um torneio do grand slam.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

  •  
  • Outras Casas

  •  
  • Blogs

  •  
  • Em Inglês

  •  
  • Think Tank

  •  
  • Informação

  •  
  • Magazines

  •  
  • Desporto

  •  
  • Audiovisual

  •  
  • Ferramentas

    Arquivo

    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2009
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2008
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2007
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2006
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D