Segunda-feira, 30 de Novembro de 2009

O mentiroso compulsivo

Na sexta-feira, após a derrota do governo no Parlamento com o fim do PEC e a suspensão por um ano do novo Código Contributivo, José Sócrates acusou a oposição de irresponsabilidade por ter decidido aumentar a despesa, muito embora seja claro que as medidas tomadas, quanto muito, levam a uma diminuição da receita (no caso do Código Contributivo, nem isso, impediu foi um aumento de receita). Confesso que fico surpreendido quando vejo gente que tenho por séria a acreditar no sujeitinho que nos governa. É que o homem não precisa de proferir mais de duas frases para ser apanhado a mentir.

publicado por Jorge Assunção às 14:30
link do post | comentar | ver comentários (2)
Sábado, 14 de Novembro de 2009

Um ser omnisciente

Se um ser omnisciente perguntasse: José Sócrates é uma pessoa séria? E em troca de resposta correcta oferecesse a vida eterna (imaginando que a vida eterna é uma prenda muito preciosa), qual seria a resposta pela qual o leitor optaria: sim ou não?

 

Eu sei qual seria a minha resposta, e apesar da minha resposta colocar-se no plano da aparência, do incerto, e na vida real não existir o tal ser omnisciente a quem recorrer para passar a minha resposta para o plano do ser, do concreto, a resposta que dou a tal pergunta não deixa de me incomodar profundamente. Um incómodo que há muito não consigo esconder.

publicado por Jorge Assunção às 19:00
link do post | comentar | ver comentários (1)
Domingo, 13 de Setembro de 2009

Novo governo, novos ministros

Há quem diga que Ferreira Leite precisa de um tradutor, dada a sua inabilidade em passar uma mensagem coerente. Já Sócrates é a coerência em pessoa: Gabinete esclarece que palavras de Sócrates sobre «novos ministros» não significam remodelação total. Ora, ora, senhor primeiro, não é preciso pôr os gabinetes a esclarecer o que disse, nós todos percebemos e eu particularmente concordo, dia 27 de Setembro: novo governo, novo primeiro-ministro.

 

Adenda: O secretário-geral do PS frisou hoje que um Governo saído de um acto eleitoral é sempre novo, inclusivamente com um novo primeiro-ministro, e recusou a interpretação de que, se vencer as eleições, mudará todos os ministros. Com um novo primeiro-ministro? Ahahah.

publicado por Jorge Assunção às 15:21
link do post | comentar
Domingo, 6 de Setembro de 2009

Novo rumo

Escritas minhas noutra paragem:

publicado por Jorge Assunção às 20:08
link do post | comentar
Sábado, 5 de Setembro de 2009

A ler

"O núcleo político do PS-governo mediu friamente as vantagens e os custos de tomar esta medida protofascista. E terá concluído que era pior para o PS-governo a manutenção do JN6ª do que o ónus de o ter mandado censurar. Trata-se de mais um gravíssimo atentado do PS de Sócrates contra a liberdade de informar e opinar." Por Eduardo Cintra Torres.

 

"Só um idiota acredita que a Prisa suspendeu o "Jornal Nacional" "por razões económicas relacionadas com uma reestruturação em curso". [...] Se não foram critérios económicos os que levaram a Prisa a acabar com o "Jornal Nacional", só podem ter sido critérios políticos. [...] Na noite em que venceu as eleições legislativas, Sócrates gritou: "Amigos e camaradas: conseguimos!". Pois conseguiram. De tanto o desejarem, conseguiram que a informação da TVI sucumbisse. Na melhor ou na pior altura? Na pior, é claro. Pelo menos para nós." Por Pedro Santos Guerreiro

 

Já agora, Eduardo Cintra Torres escreve no Público, outro dos jornais que foi identificado como jornalismo travestido, e Pedro Santos Guerreiro escreve no Jornal de Negócios, um que não segue a linha socrática como, por exemplo, o seu concorrente Diário Económico faz. Seria interessante avaliar a publicidade institucional, com origem em instituições governamentais, que uns e outros conseguem atrair em relação a outros meios de informação com os quais concorrem.

publicado por Jorge Assunção às 01:50
link do post | comentar
Sexta-feira, 4 de Setembro de 2009

O que ganha o governo com o afastamento de MMG

Não me parece que o governo tivesse como motivo impedir a divulgação de qualquer reportagem específica para esta sexta-feira, o que, dadas as repercussões do caso, dificilmente não deixará de ser divulgada. Parece-me antes que a motivação seria mais esta:

 

Dia 11 de Setembro, Manuela Moura Guedes não vai ter espaço de antena para colocar o processo Freeport na agenda noticiosa.

 

Dia 18 de Setembro, Manuela Moura Guedes não vai ter espaço de antena para colocar o processo Freeport na agenda noticiosa.

 

Dia 25 de Setembro, Manuela Moura Guedes não vai ter espaço de antena para colocar o processo Freeport na agenda noticiosa.

publicado por Jorge Assunção às 16:55
link do post | comentar | ver comentários (2)
Quinta-feira, 3 de Setembro de 2009

Comunicação social anti-Sócrates

1. O Sol perdeu a publicidade do BCP porque levantou e manteve o processo Freeport na agenda noticiosa.

 

2. A editora de política da TSF, Teresa Dias Mendes, zangou-se com o Sócrates e vai ficar sem o cargo.

 

3. Na TVI conseguiram mandar embora o Moniz e acabar com o Jornal Nacional da Manuela Moura Guedes.

 

4. E o Público vai sobrevivendo porque a família Azevedo é das poucas que não lambe as botas ao poder político.

publicado por Jorge Assunção às 22:47
link do post | comentar | ver comentários (3)
Quinta-feira, 27 de Agosto de 2009

Bota-abaixismo

O querido líder adiou para a próxima terça-feira a entrevista com Judite de Sousa, estava prevista para hoje. Será que esta é uma decisão que tem como motivo permitir ao nosso querído líder usar a entrevista para bota-abaixismo ao programa do PSD? Como eu os compreendo.

publicado por Jorge Assunção às 17:20
link do post | comentar | ver comentários (2)
Sexta-feira, 21 de Agosto de 2009

Porto Livre

Depósitos avultados por explicar nas contas de Carlos Guerra

 

Segundo o SOL apurou, Carlos Guerra alegou, nas declarações já prestadas no processo, que o dinheiro se referia a partilhas antecipadas que o sogro foi obrigado a fazer após a falência de uma sua empresa – uma explicação considerada frágil.

 

Há quem tenha um primo na Suiça, há quem tenha sogros com empresas falidas. E há quem pense, como eu, que José Sócrates está envolvido até à raiz dos cabelos neste caso.

publicado por Jorge Assunção às 17:27
link do post | comentar | ver comentários (1)
Quarta-feira, 5 de Agosto de 2009

De direita

Muitos queixam-se que Sócrates governa o país à direita. Lembram-me aqueles que dizem que a União Soviética, enquanto experiência, foi uma má aplicação do comunismo. Ou seja, o comunismo deles, aplicado convenientemente presume-se, teria resultado diferente do que teve na União Soviética ou do que tem em Cuba ou na Coreira do Norte. A renovação comunista passa, portanto, por pretender aplicar as mesmas ideias, fingindo que noutros lados não foram aplicadas com os resultados que se conhecem. Assim são os que criticam Sócrates e o PS, perante um tão estrondoso fracasso das suas políticas de esquerda, dizem que as políticas foram de direita. Mas no fundo, tivessem eles o poder para governar, e nada fariam de muito diferente. Ou fazendo, os resultados ainda seriam piores.

publicado por Jorge Assunção às 20:07
link do post | comentar | ver comentários (8)
Sábado, 20 de Junho de 2009

The New Socrates

publicado por Jorge A. às 19:47
link do post | comentar | ver comentários (6)
Quarta-feira, 10 de Junho de 2009

Autismo

José Sócrates, grande derrotado na eleições europeias, promete que não altera o rumo. Há cinco anos, perante outro governo, as palavras iam noutro sentido, qualquer coisa como "o povo falou. É bom que o Governo oiça".

publicado por Jorge A. às 20:11
link do post | comentar | ver comentários (15)
Sábado, 30 de Maio de 2009

Concordar com MMG

A RTP está governamentalizada?

É tutelada pelo governo. Viu a entrevista ao primeiro-ministro?


Vi.

Por amor de Deus, aquilo foi um monólogo! Mas também não estava à espera de ser esclarecida sobre alguma coisa naquela entrevista, com Sócrates a metê-los na ordem.


Mas o primeiro-ministro até reagiu mal a perguntas da Judite de Sousa?

Pois, quando havia alguma tentativa de introduzir temas mais desconfortáveis.


O tema do DVD do caso Freeport, emitido pela TVI, foi abordado.

Não, não!... Ele não deixou que a palavra corrupto fosse posta ali. Não deixou, não sei se reparou. Era uma palavra que estava proibida. E Judite de Sousa foi logo posta na ordem. O outro nem valia a pena. Estava ali só a sorrir?

 

Manuela Moura Guedes cheia de razão, talvez isso explique porque irrita tanta gente. A mim incomoda-me muito mais o jornalismo da RTP do que o da TVI. E espero pelo dia em que o nosso corajoso primeiro-ministro decida dar uma entrevista à TVI, de preferência a MMG.

publicado por Jorge A. às 11:00
link do post | comentar | ver comentários (11)
Domingo, 24 de Maio de 2009

Você decide

Qual deles o melhor: o portunhol ou o inglês técnico do primeiro-ministro português?

publicado por Jorge A. às 07:59
link do post | comentar | ver comentários (8)
Terça-feira, 3 de Março de 2009

PS (Partido do Sócrates)

Manuela Ferreira Leite: Congresso do PS foi culto de personalidade excessivo e impróprio

 

Há uma coisa que discordo dos que têm vindo a criticar José Sócrates por ter reduzido o PS à sua figura. É que contrariamente, por exemplo, a um líder como Paulo Portas, cuja chegada ao CDS foi feita de ruptura e confrontação, José Sócrates desde novo que tem a sua existência associada ao partido (um boy, na verdadeira acepção do termo). Ou seja, antes do partido do Sócrates, já Sócrates era o partido. Não se conhece a Sócrates uma ruptura com o actual partido, não por acaso foi homem certo para dar a cara pelo mesmo nas televisões. A defesa acérrima que fez do consulado Guterres quando muitos eram os críticos do antigo lider é exemplificativa disso (ao contrário de Ferreira Leite que teve a coragem de criticar a saída de Barroso para Bruxelas). Não se julgue portanto que o PS está entregue a uma pessoa, o PS está entregue a sí próprio.

publicado por Jorge A. às 18:57
link do post | comentar | ver comentários (1)
Sexta-feira, 19 de Outubro de 2007

Tratado, aka Porreiro, pá!

Portugal perde poderes no quadro institucional da UE, e não há uma palavra do Primeiro-Ministro sobre o assunto. A UE dá um gigantesco salto em frente, e não há uma reflexão do Primeiro-Ministro. Apenas se ouvem da sua parte (para além do "Porreiro, pá!" dirigido a Durão Barroso) a sua habitual frase de que "este é um momento histórico" e gritinhos patriótico-provincianos de orgulho pelo facto do Tratado ir ser assinando na capital portuguesa.

Bruno Alves, no Desperada Esperança.
publicado por Jorge A. às 22:36
link do post | comentar

Porreiro, pá!


Hospital de Faro nega que espera para consultas de Ortopedia atinja os cinco anos
O relatório, elaborado na sequência da auditoria ao Acesso dos Cuidados de Saúde, indica que foram detectados tempos de espera "especialmente elevados" na Ortopedia da unidade algarvia, que podem atingir os cinco anos entre a marcação e a realização da consulta. Em comunicado, o Hospital de Faro diz que os dados não correspondem à "realidade actual", pois desde Maio de 2007 que, com a implementação do projecto Consulta a Tempo e Horas, as consultas são agendadas desde logo, depois de avaliada a prioridade clínica.
A pergunta que se impõe é se Sócrates também se terá virado para Carlos Cruz e felicitado-o com um porreiro, pá! aquando da decisão da UEFA de entregar a organização do Euro 2004 a Portugal (na altura, o nosso primeiro era Ministro Adjunto de Guterres com as tutelas da toxicodependência, juventude e desporto, e foi a par de Miranda Calha, Gilberto Madail e Carlos Cruz um dos obreiros da vinda do Euro 2004 para Portugal). Como se pode ver, cá para o Algarve, o evento teve um óptimo beneficio. Será mentira dizer que temos um óptimo estádio sem utilidade nenhuma, e um hospital distrital de merda?
publicado por Jorge A. às 19:34
link do post | comentar
Terça-feira, 10 de Abril de 2007

Qual é coisa qual é ela, que antes de o ser já era?

Antigamente respondia-se a esta adivinha com a Pescada, mas acho que a partir de agora podemos passar a responder com o curso de Engenharia do Zé Sócrates:
Curriculum de Sócrates já incluia Licenciatura em Engenharia antes do curso na Independente.
Secções:
publicado por Jorge A. às 11:27
link do post | comentar
Quarta-feira, 4 de Abril de 2007

É preciso ler os estudos

Estudo diz que não houve nenhum diplomado no curso de Sócrates em 1996

E o governo anda desnorteado com as noticias, leia-se a caixinha que acompanha a noticia:

A explicação do Governo

O gabinete do ministro do Ensino Superior, contactado pelo PÚBLICO, afirmou que os dados do relatório do OCES quanto ao número anual de licenciados não incluem, “para qualquer dos cursos, os alunos que, tendo ingressado por transferência, tenham concluído a licenciatura através de um plano de estudos fixado na sequência de um processo de equivalência”. Este critério não está, contudo, explicado no relatório — antes pelo contrário. Na introdução do documento, onde se explica o âmbito do estudo, concretiza-se que as estatísticas se referem “ao grau de licenciado, obtido através de diferentes percursos académicos”. A explicação do Ministério do Ensino Superior parece também ser contraditória com o facto de, na própria UnI, nos cursos de Ciências da Comunicação e Relações Internacionais, serem indicados no relatório como diplomados, logo em 1996, dezenas de alunos que ali ingressaram por transferência.
Secções:
publicado por Jorge A. às 23:41
link do post | comentar

Pós-graduação com MBA

O autor do blog Do Portugal Profundo merece um prémio de serviço público. Aconselho uma visita ao último post do António Caldeira. Destaco:
Ora, José Sócrates terá apenas concluído a parte curricular do MBA (Master of Business Administration ou Mestrado em Gestão de Empresas) do ISCTE - falta-lhe elaborar, apresentar e ser aprovado na dissertação (tese) de mestrado... Assim, não tem o MBA.
Este curriculum vitae do nosso zé sócrates começa a aproximar-se do ridiculo - não tarda, estaremos a descobrir que o homem é formado em Harvard.
Secções:
publicado por Jorge A. às 22:32
link do post | comentar
Terça-feira, 3 de Abril de 2007

Com a rosa em queda muito menos

Reformas estruturais no país? Já lá vai o tempo. Sócrates parece estar a perder o estado de graça - a visibilidade constante nos jornais da noite já não lhe são tão favoráveis. A partir daqui proceder a reformas estruturais é o primeiro passo para o suicidio politico deste governo, e Sócrates irá evitá-las a todo o custo. O nosso PM espera agora que a economia mundial melhore, e possa lá para finais de 2008, antes do ano de eleições, garantir alguma folga para medidas populistas. Depois, bem... mesmo que eleito com nova maioria absoluta, será um arrastar até ao fim. Faço aqui a minha previsão Zandinga (muito mais arriscada que a do Lusco Fusco, dedicada somente ao fenómeno desportivo): em 2009 o PSD ganhará as eleições... e se for o PS a ganhá-las, esse mesmo governo não chegará ao fim do seu mandato.
Aguardam-se tempos dificeis para o pais - talvez mais dificieis que os actuais.
Hoje já várias vezes ouvi no Prós e Contras falarem dos custos da nossa adesão ao Euro - adesão essa que nos garantiu taxas de juro baixas e a consequente corrida à compra de casa, mas que devido ao nosso baixo nível de competitividade proporcionou uma série de efeitos negativos na nossa economia. Falta falarem do alargamento da União Europeia a leste - poucos estudos foram feitos sobre o assunto, mas um dos poucos que lembro-me de consultar, dava Portugal como o único pais da Europa a 15 que seria prejudicado por tal alargamento - mais uma vez, o problema reside na nossa falta de competitividade e no posicionamento periférico, que nos afasta do centro industrial europeu.
publicado por Jorge A. às 00:36
link do post | comentar
Domingo, 1 de Abril de 2007

A Imagem

António Balbino Caldeira continua a sua investigação sobre o dossier José Sócrates - desta vez, reporta-se ao mistério das equivalências concedidas pela Universidade Independente ao aluno Sócrates, ou como António Caldeira refere no seu post, às inequivalências.
Ao mesmo tempo reparo que os acessores de José Sócrates fizeram sair uma nota para a imprensa, culpando a Univ.Independente pelos problemas administrativos que vem sendo apontados à licenciatura de José Sócrates. Nomeadamente, ao facto do curso, pelos vistos, ter sido concluido no domingo (lol).
Mas as curiosidades não acabam. Depois do gabinete de José Sócrates ter decidido eliminar a nota biográfica que reportava José Sócrates como Engenheiro Civil, substituindo-a por Licenciado em Engenharia Civil, agora, esquece-se de referir a suposta pós-graduação em Engenharia Sanitária, mas oficializa o MBA obtido no ISCTE.
Gosto desta parte da noticia da SIC ONLINE:
"É então que o secretário de Estado decide rumar à Universidade Independente. Assegura-nos uma fonte do gabinete do agora primeiro-ministro que o politécnico das engenharias só lhe garantiria uma equivalência ao grau de doutor e não o grau. A Independente concretizou-lhe o sonho em troca de cinco cadeiras – quatro assumidas por um professor e uma quinta, inglês técnico, pelo próprio reitor, Luiz Arouca."
Sabe-se agora que o Professor Doutor que leccionou as 4 cadeiras das 5 que Sócrates fez na Univ.Independete foi um tal de António José Morais, curiosamente, colega de José Sócrates no governo de António Guterres.
Na minha opinião, não será importante o titulo que José Sócrates ostenta, para avaliar se é um bom ou mau primeiro ministro. Não faltarão por certo lideres não licenciados que fizeram trabalhos excelentes na posição que ocupam (basta comparar o trabalho feito pelo Dr.Vale e Azevedo, com aquele que vem sendo realizado por Luis Filipe Vieira no meu Benfica).
No entanto, há uma ressalva a fazer deste José Sócrates Affair. Fico com a nítida impressão (para não dizer certeza) que a forma como José Sócrates obteve a licenciatura foi baseada em procedimentos incorrectos por parte da administração da UnI - nomeadamente a nível das equivalências. Mais, tenho dúvidas quanto à seriedade com que José Sócrates conseguiu a aprovação nas 5 cadeiras em causa, dúvido mesmo que tenha aprendido muito em qualquer uma delas. Neste ponto, o que fica em causa, é o trabalho diário dispendido por milhares de estudantes universitários na sua luta pelo canudo. É a constante referência à exigência que deve ser norma no ensino português, quando as noticias que chegam, demonstram que a facilidade ainda impera em certas universidades - e pior que isso, fica em causa a legitimidade de José Sócrates para exigir esforço aos alunos, quando a ele tudo foi facilitado.
Mas fica a certeza que o homem quer ser chamado de EngºJosé Sócrates, e já que ele quer, não serei eu a negá-lo... o importante a retirar desta situação toda, não é o saber se Sócrates é ou não engenheiro, é o saber que, para além de poder ter mentido no seu curriculo, o homem vive da (e para a) imagem que fazem dele. Como o jcd afirma, autênticos mestres na propaganda.
Mais informações podem ser encontradas aqui (com referência ao caso do "Licenciado em Engenheiria Civil" - uma autêntica paródia este curriculum do SrºSócrates).
Secções:
publicado por Jorge A. às 02:36
link do post | comentar
Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Mais sobre mim

Contacto

jorgeassuncao@europe.com

Subscrever feeds

Pesquisar neste blog

Links

Add to Technorati Favorites

Arquivos

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Julho 2006

Secções

desporto(383)

politica nacional(373)

cinema(291)

economia(191)

música(136)

ténis(132)

humor(131)

futebol(130)

eleições eua(118)

estados unidos(115)

portugal(115)

blogs(109)

miúdas giras(93)

jornalismo(88)

politica internacional(87)

governo(79)

televisão(74)

blogosfera(69)

oscares(68)

pessoal(55)

todas as tags

blogs SAPO

 

Twingly BlogRank