Quinta-feira, 22 de Outubro de 2009

Smart people are doing wonderful things

Our focus on cultural bits doesn’t mean we are neglecting the larger picture. Rather, those bits are building-blocks for seeing and understanding larger trends and narratives. The typical Web user doesn’t visit a gardening blog one day and a Manolo Blahnik shoes blog the next day, and never return to either. Most activity online, or at least the kind that persists, involves continuing investments in particular long-running narratives—about gardening, art, shoes, or whatever else engages us. There’s an alluring suspense to it. What’s next? That is why the Internet captures so much of our attention.

 

Indeed, far from shortening our attention spans, the Web lengthens them by allowing us to follow the same story over many years’ time. If I want to know what’s new with the NBA free-agent market, the debate surrounding global warming, or the publication plans of Thomas Pynchon, Google quickly gets me to the most current information. Formerly I needed personal contacts—people who were directly involved in the action—to follow a story for years, but now I can do it quite easily.

 

Sometimes it does appear I am impatient. I’ll discard a half-read book that 20 years ago I might have finished. But once I put down the book, I will likely turn my attention to one of the long-running stories I follow online. I’ve been listening to the music of Paul McCartney for more than 30 years, for example, and if there is some new piece of music or development in his career, I see it first on the Internet. If our Web surfing is sometimes frantic or pulled in many directions, that is because we care so much about so many long-running stories. It could be said, a bit paradoxically, that we are impatient to return to our chosen programs of patience.

 

Tyler Cowen, Three Tweets for the Web

 

Vale a pena ler o resto do ensaio. Falta dizer que subscrevo a opinião do autor.

Secções:
publicado por Jorge Assunção às 12:00
link do post | comentar
Segunda-feira, 17 de Agosto de 2009

O que não espero encontrar num jornal

Uma notícia igual à que vem hoje no Público:

O norte-americano Tiger Woods viu a liderança dos campeonatos PGA, em Chaska, Minnesota, encurtar de quatro para duas pancadas, após a terceira volta, mas continua na rota do seu 15.º "Major". Woods está no comando e, segundo as estatísticas, a vitória está... assegurada: nas 14 vezes que partiu à frente para a última volta, somou vitórias nos 14 torneios do "Grand Slam" que ostenta no seu palmarés.

E não espero porque à hora a que o jornal chegou ao leitor, já era conhecida a derrota de Tiger Woods. E menos espero porque, mesmo assumindo que a hora a que a derrota de Woods foi confirmada, já não podia ser relatada no jornal do dia seguinte, a quarta volta do torneio iniciou-se por volta das sete da tarde de ontem e à hora a que o Público fechou a edição já Woods encontrava-se taco a taco, em igualdade de pancadas, com o coreano Y.E.Yang. Com coisas destas, não é preciso perder muito tempo para perceber  o porquê dos problemas financeiros que a imprensa escrita tem tido por todo o mundo.

publicado por Jorge Assunção às 17:30
link do post | comentar
Terça-feira, 4 de Agosto de 2009

Duas recomendações

No New York Times: esta análise gráfica é absolutamente espantosa. E gostei de ler esta história sobre os problemas financeiros de uma das grandes fotógrafas da actualidade, Annie Leibovitz, em risco de perder os direitos sobre os seus trabalhos fotográficos. De onde destaco a frase: “The mind that can take these extraordinary pictures is not necessarily the same mind that is a perfect money manager”. Lembrou-me Maria João Pires e o seu projecto de Belgais, e a forma como os artistas, as mentes criativas, apresentam esta tendência para serem péssimos nos que toca à gestão financeira. Deixemos aos artistas a liberdade de tornar o nosso mundo mais belo, mas deixemos a gestão, mesmo no que à cultura diz respeito, a quem saiba lidar com custos e proveitos.

publicado por Jorge Assunção às 17:34
link do post | comentar
Quinta-feira, 30 de Julho de 2009

Divirtam-se...

...com o Cutthroat Capitalism: The Game.

Secções:
publicado por Jorge A. às 18:20
link do post | comentar | ver comentários (7)
Domingo, 26 de Abril de 2009

A ler

O blogue de Maira Kalman continua a dar-nos maravilhas como esta. Entretanto, o assunto que me anda a incomodar é este.

Secções: ,
publicado por Jorge A. às 16:50
link do post | comentar
Segunda-feira, 13 de Abril de 2009

How Star Wars changed the world

 (carregar para ver melhor)

Secções: ,
publicado por Jorge A. às 17:41
link do post | comentar | ver comentários (2)
Segunda-feira, 30 de Março de 2009

Eleições 2009 (1)

Com o apoio do Público, nasceu hoje um espaço dedicado às três eleições que vão decorrer este ano em Portugal. Tenho o privilégio de pertencer ao projecto em causa, em conjunto com um lote alargado e plural de participantes. Visitem e divulguem: Eleições 2009. Para mais, ler o primeiro post do Paulo Querido e este post do Carlos Santos que ajuda a explicar o que deu origem ao projecto em causa.

publicado por Jorge A. às 18:42
link do post | comentar | ver comentários (7)
Sexta-feira, 27 de Março de 2009

Links do dia

1.And the pursuit of happiness: so move

2.The Brick Testament

3.The Incredibly Moving Trailer for the Upcoming Where the Wild Things Are Film

4.Where are the Wild Things?

5.Toy story

Secções: ,
publicado por Jorge A. às 14:55
link do post | comentar | ver comentários (5)
Sexta-feira, 13 de Março de 2009

Wasting my life on the internet

(via: xkcd)

Secções: ,
publicado por Jorge A. às 14:42
link do post | comentar | ver comentários (2)
Terça-feira, 17 de Fevereiro de 2009

Alegadamente

Conta Twitter do deputado Pedro Duarte invadida

(Foto via Paulo Querido)

Secções: ,
publicado por Jorge A. às 22:03
link do post | comentar | ver comentários (2)
Quarta-feira, 4 de Fevereiro de 2009

Yellow Brass Lady

Na entrada da Wikipédia em lingua inglesa para a expressão Iron Lady (Dama de Ferro), alguém decidiu utilizar a minha opinião pessoal como fonte de informação:

in response to Manuela Ferreira Leite's nickname "Dama de Ferro Portuguesa" (Portuguese Iron Lady)[8], her hardest opponents and critics ironicaly started referring to her as "Dama de Latão" (Yellow brass Lady)[9] and popularising the term.

A referência número nove resulta deste meu post: A Dama de Latão. "Hardest opponents and critics", really?

Secções: , ,
publicado por Jorge A. às 13:29
link do post | comentar | ver comentários (5)
Domingo, 1 de Fevereiro de 2009

Dar Música

Depois da adesão ao twitter, agora também ando pelo Blip a dar música. Aproveitei o facto para testar algo novo aqui no blogue, mas digamos que o serviço do Blip neste blogue para já fica à experiência.

Secções: , ,
publicado por Jorge A. às 17:51
link do post | comentar | ver comentários (3)
Quinta-feira, 15 de Janeiro de 2009

Transparência

A iluminação de Natal da cidade de Lagoa (5818 habitantes)? 73 mil euros (12 euros por habitante). Bom investimento, sem dúvida.

 

Também sempre tive as minhas dúvidas quanto à razão de sobrevivência da revista Algarve Mais (onde todo o frequentador da noite algarvia mais tarde ou mais tarde acaba por ir parar na secção de fotografias). Já não tenho mais: 14 900 euros de publicidade pagos pelo Municipio de Portimão; 2 500 euros para o mesmo efeito pagos pelo Municipio de Lagoa; e a modesta quantia de 36 euros pela assinatura anual pagos pelo Municipio de Albufeira.

 

Eu vou assumir que os 275 mil euros que constam para o espectáculo de tango do Quinteto La Típica no Auditório Municipal de Lagoa é gralha. O mesmo digo dos 202 mil euros gastos no alojamento do grupo Stravagantsa Hits, uma vez que o espectáculo em si custou pouco mais de 13 mil euros. E os 106 mil euros gastos em 6 kits de mala Piaggio Fly está certamente errado.

 

O conselho de Lagoa aposta no desporto. E de que forma. Mais de 19 mil euros para o pagamento de estadias com vista à realização de um torneio de futsal masculino. A coisa correu tão bem, que pouco depois gasta-se mais de 34 mil euros nas estadias para o torneio de futsal feminino.

 

Um secador de cabelo automático de parede por mais de 17 mil euros? Não me cheira. Já oferta de almoços no valor de 14 mil euros às confrarias de gastrónomos portugueses, espanhóis e macaenses parece-me plausível. Contudo, os 9 mil euros de alojamento do senhor presidente de Câmara (e outros tantos para a secretária do Presidente) para um congresso de um dia em Lisboa é gralha certa.

 

A ANSOL está de parabéns por ter transformado este site público de funcionalidade nada amiga do utilizador e, por consequinte, inútil (útil para os governantes que poderiam gabar-se de um processo transparente - afinal estava tudo na internet), numa coisa útil com este motor de pesquisa.

 

É certo que muitos valores são gralhas, mas aí não é preciso explicar de quem é a culpa...

publicado por Jorge A. às 08:00
link do post | comentar | ver comentários (12)
Domingo, 11 de Janeiro de 2009

Explorando

Já conhecia as apresentações da Ted Talks, o que desconhecia era o site Pop! Tech Conferences que recorrendo ao mesmo formato tem muita palestra interessante. E para quem não está por dentro dos mercados financeiros e da terminologia agora recorrentemente utilizada a propósito da crise, os videos do Marketplace no Vimeo são autêntico serviço público.

Secções:
publicado por Jorge A. às 17:53
link do post | comentar

Twitter

Também eu aderi à moda. Mais uma plataforma para quem quiser acompanhar o que vou escrevendo aqui pelo Despertar da Mente.

Secções: , ,
publicado por Jorge A. às 17:38
link do post | comentar | ver comentários (2)
Quinta-feira, 4 de Dezembro de 2008

Agregador

É chegada aquela altura do ano em que as listas dos melhores do ano são mais que muitas. Pondo de parte o valor relativo da coisa, há uma importância significativa nestas que eu muito aprecio: a descoberta de pequenas maravilhas que me escaparam ao longo do ano. Do cinema à literatura, da música à comida, há um agregador destas listinhas (actualizado ao longo do tempo) que não dispenso nesta altura do ano: Fimoculous: 2008 End-of-Year Lists. Divirtam-se.

publicado por Jorge A. às 21:15
link do post | comentar | ver comentários (5)
Quinta-feira, 20 de Novembro de 2008

Guerra Civil Americana

(John Reekie, 1865)

 

  

(Timothy H. O'Sullivan, 1863)

 

Isto tudo e muito mais pode ser encontrado na fantástica colecção de fotos da Life magazine disponível através da parceria da Google com a Time Inc. aqui.

Secções: , ,
publicado por Jorge A. às 21:43
link do post | comentar
Sábado, 15 de Novembro de 2008

Follow the Leader

 

Através do New York Times descubro que o candidato da direita israelita, Benjamin Netanyahu, tem um site que é cópia exemplar do site de Barack Obama (aqueles simbolos que populam os menus, para quem se lembra do site de Obama em plena campanha, são marca registada). Mas o melhor surge quando vamos verificar o site do mesmo candidato na sua versão russa:

 

 

Reparem no pormenor da fotografia... o que não vai faltar agora em politica são pequenos Obamas, mesmo entre quem menos se espera.

publicado por Jorge A. às 01:00
link do post | comentar
Quinta-feira, 30 de Outubro de 2008

SLBoogle

 

www.SLBoogle.com

 

"Contudo, o SLBoogle tem uma pequena particularidade. Aconselhamos aos adeptos mais extremistas das 'águias', ou aos mais curiosos apenas, algumas pesquisas 'sui generis' nesta página. Experimentem procurar por 'sporting', 'porto', 'scp' e 'fcp', sempre em letras minúsculas, e encontrar-se-ão resultados obviamente diferentes dos habituais sites de pesquisa." (Via Expresso)

Secções: , ,
publicado por Jorge A. às 23:27
link do post | comentar
Quinta-feira, 7 de Agosto de 2008

Muy Macho

Usar o histórico de navegação para adivinhar o sexo do cibernauta, é isso que se propõe fazer aqui. O meu resultado? Ora tomem:

Likelihood of you being FEMALE is 6%

Likelihood of you being MALE is 94%

(Via: Andrew Sullivan)

publicado por Jorge A. às 23:56
link do post | comentar | ver comentários (4)
Domingo, 24 de Fevereiro de 2008

3 Words: World Wide Web. Does it Count?

O ano passado a revista Time elegia-nos a nós, utilizadores da internet, como a pessoa do ano. A avaliar pela mais recente campanha presidencial norte-americana, a revista antecipou com uma precisão brutal o que viria a ser o momento actual, e fica uma reflexão sobre o que será o futuro.

Todos os candidatos às presidenciais norte-americanas têm um espaço no MySpace. O de Obama conta com 295 377 amigos. O de Hillary com 186 642 amigos. O de John McCain com 46 472 amigos. O de Ron Paul com 129 880 amigos.

O Facebook também não é excepção. Neste, Obama conta com 624 632 apoiantes. Hillary com 123 439 apoiantes. John McCain com 73 101 apoiantes. E Ron Paul com 84 840 apoiantes.

O Youtube também tem tido o seu papel no lançamento das mensagens dos vários candidatos. Barack Obama tem associados ao seu canal 30 453 utilizadores, e já conta com 12 169 257 visualizações. Hillary Clinton tem associados 10 665 utilizadores e conta com 1 385 534 visualizações. John McCain tem associados 2 802 utilizadores e conta com 604 495 visualizações. Ron Paul tem 49 183 utilizadores associados e conta com 6 863 872 visualizações.

Olhando para estes números percebe-se facilmente a popularidade dos diferentes candidatos na internet. Barack Obama é o lider no lado democrata e Ron Paul no lado republicano. Mas se Paul não conseguiu fazer grande mossa no seu partido, já Obama prepara-se para revolucionar as campanhas politicas norte-americanas. Em 2004 o partido democrata já tinha sofrido um choque semelhante com a campanha de Howard Dean frente a John Kerry, mas na altura Dean não conseguiu aproveitar a onda de internautas a seu favor para vencer Kerry. Com Obama tem sido diferente e pela primeira vez na história uma geração de jovens e criativos internautas pode ter verdadeira influência - se para o bem se para o mal ainda é cedo para avaliar - na escolha da pessoa mais poderosa do mundo. Tudo terá começado para Obama com este spot (inspirado num spot publicitário original da Apple) contra Hillary. Estavam lançadas a base para a campanha internauta de Obama. No verão surgia o famoso Obama Girl que foi certamente fundamental para dar a conhecer Obama a um conjunto variado de pessoas que nunca tinha ouvido falar o seu nome (tendo-se tornado o video mais visto do ano de 2007 do Youtube). E já este ano, entre os videos dos seus discursos, surgiu o video da música Yes We Can (que vai a caminho de se tornar um dos videos mais visto deste ano).

Mas onde a campanha na internet parece ter atingido outro estatuto, que permite indirectamente ultrupassar as barreiras da world wide web e atingir efectivamente o mundo real, é através da angariação de dinheiro. Os candidatos com os seus sites tem alcançado somas recorde de dinheiro vinda de pequenos contribuidores. Ron Paul fez milhões em periodos de 24 horas graças aos esforços dos seus apoiantes, e só isso lhe permite manter-se actualmente na corrida. Obama ultrupassou decisivamente a máquina angariadora de dinheiro de Clinton através das contribuições dos internautas - e neste momento já conta com 964 736 contribuidores individuais para a sua campanha. A vantagem que Obama garantiu na angariação de dinheiro de internautas terá sido fundamental para os bons resultados na super terça-feira, para vencer todos os estados que se lhe seguiram, e ainda jogará um papel decisivo para os estados que vão a votos dia 4 de Março (onde Obama continua a ter mais dinheiro para gastar do que Hillary). Já McCain, nunca fez da internet a aposta da sua campanha, e muito pouco do dinheiro que amealhou veio deste meio. John McCain é uma candidatura à antiga, Barack Obama é uma candidatura do futuro. Resta saber se os americanos abraçarão já o futuro, ou se tal como com Howard Dean, o futuro que a campanha de Obama representa ainda não chegará já em Novembro... de qualquer forma, a minha previsão é que, chegando ou não em Novembro, mais cedo ou mais tarde chegará. As campanhas politicas tradicionais estão condenadas a morrer.
publicado por Jorge A. às 14:07
link do post | comentar
Sexta-feira, 25 de Maio de 2007

À Falta de um Motor de Busca Europeu

EU asks Google to explain data retention policies

In the latest example of a U.S. technology giant potentially being called on the carpet in Europe, Google has been warned that it may be violating European Union privacy laws by storing data on its users for up to two years.

Any EU effort to impose limits on Google, which as a U.S.-based firm operates under U.S. law, would be the latest in a series of increasingly aggressive actions taken by European policymakers to reign in global technology companies.
Google described the committee's request as reasonable. It noted that the company itself raised the issue with EU officials in March by announcing that it was shortening the retention of customer data, which had previously been unlimited, to up to two years. Other large search engines like Yahoo and MSN Search have not disclosed how long they keep data on users.

"There can be reasonable arguments for and against keeping server logs for this length of time," said Peter Fleischer, Google's global privacy counsel. "But we believe that between 18 and 24 months is a reasonable length of time to balance privacy issues with business concerns."

In a letter to be sent to the EU panel, Google will argue that the retention periods are necessary to ward off hackers and prevent Internet advertising fraud, and to improve Google's search algorithm, Fleischer said.
Imagine-se que a União Europeia decide que a politica de privacidade da Google não está conforme a lei europeia e a Google recusa tomar medidas, o que pode a UE fazer? Proibe o acesso ao servidor da Google por parte dos internautas europeus? Multa a Google? Como?!?! Em que base?

Um qualquer comité europeu age como se fossemos a União das Repúblicas Socialistas Europeias e procura pressionar a Google tal como os chineses fizeram. Na China lá conseguiram que a Google limitasse o resultado das pesquisas à vontade do regime. Na Europa, não tarda estaremos a exigir o mesmo.

Para mim, é mais dor de cotovelo porque até a vontade das mais forte nações - com projectos falhados tipo Quaero, o suposto super motor de busca europeu - perdem para a inteligência, criatividade e iniciativa de dois tipos que criaram um projecto milionário a partir de um computador numa cave - sem qualquer tipo de ajuda do estado norte-americano.

Se a Europa apresentasse alternativas à criatividade e dinâmica empresarial do sector tecnológico americano estariamos melhor servidos. Por enquanto, parece que há muito que decidimos deixar de nos preocupar em fomentar a iniciativa empresarial na Europa - e procuramos tomar medidas contra as iniciativas dos outros.

Tomamos medidas contra aqueles que tem maior sucesso - não é por acaso que a Google é a primeira a ser ouvida - teve o "azar" de ter o motor de buscas mais utilizado. A inveja com o sucesso dos outros e a apatia para com a nossa incapacidade de termos sucesso é um dos males que atormenta a Europa.
publicado por Jorge A. às 20:19
link do post | comentar
Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Mais sobre mim

Contacto

jorgeassuncao@europe.com

Subscrever feeds

Pesquisar neste blog

Links

Add to Technorati Favorites

Arquivos

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Julho 2006

Secções

desporto(383)

politica nacional(373)

cinema(291)

economia(191)

música(136)

ténis(132)

humor(131)

futebol(130)

eleições eua(118)

estados unidos(115)

portugal(115)

blogs(109)

miúdas giras(93)

jornalismo(88)

politica internacional(87)

governo(79)

televisão(74)

blogosfera(69)

oscares(68)

pessoal(55)

todas as tags

blogs SAPO

 

Twingly BlogRank