Segunda-feira, 30 de Novembro de 2009

Vitória pírrica

Por norma, fico satisfeito quando alguém toma medidas que impedem o aumento dos impostos. Por isso, devia ter ficado satisfeito com o fim do PEC e a suspensão do novo Código Contributivo, mas não fiquei. A questão essencial aqui é que a oposição decidiu actuar do lado da receita, mas não decidiu onde cortar despesa: assim é cómodo para a oposição, mas não é certamente bom para o país. Podemos dizer: bem, agora, a parte difícil, cortar na despesa, é trabalho do governo. Mas a experiência diz que o governo nada alterará na estrutura da despesa, o que levará a aumento do défice e consequente aumento de impostos no futuro.

publicado por Jorge Assunção às 20:00
link do post | comentar
6 comentários:
De Ana Gabriela A. S. Fernandes a 30 de Novembro de 2009 às 21:07
Jorge
Tens toda a razão. Mas aumento de impostos agora iriam ter consequências muito negativas. Além de que seria imoral, de facto, com as despesas e desvarios socialistas.
Mas não lhes inviablizaram a despesa das obras faraónicas?, não foram adiadas? Pelo menos isso.
De Jorge Assunção a 2 de Dezembro de 2009 às 10:24
Ana,

bem gostava que estas medidas inviabilizassem as obras faraónicas, mas não. O mesmo dinheiro que não há agora, já não havia anteriormente. E se antigamente o PS queria avançar com as obras, não vejo porque voltariam atrás agora (mas sabes que eu começo a achar que a falta de dinheiro é tão evidente, que até a eles faltará coragem para seguir em frente com tamanha estupidez).

Quanto ao aumento de impostos, tens razão, Ana. Mas sabes que a oposição não se limitou a impedir aumento de impostos futuros, e foi aquilo de querer tudo de uma vez: código contributivo, PEC, e diminuição do tempo para pagamento de IVA, que eu acho que ainda pode fazer ricochete. Sem um plano estratégico, que envolva actuar no lado das receitas e das despesas, temo que isto não vá a lado nenhum.
De Daniel João Santos a 30 de Novembro de 2009 às 22:48
faltou apresentarem soluções e não votações tipo somos maiores que tu.
De Jorge Assunção a 2 de Dezembro de 2009 às 11:04
Pois, Daniel. Mas soluções sérias e duradouras, e são essas que não vejo, faltam a todos. Especialmente àqueles que, agora e finalmente, foram confrontado com a sua nova posição minoritária.
De António de Almeida a 1 de Dezembro de 2009 às 15:08
Mas a aprovação na A.R. tem uma virtude, desmistificar a promessa do governo que não aumentaria impostos, o que estava a fazer no Código contributivo. Se dramatizarmos a luta política, José Sócrates será obrigado a admitir que aumentará impostos, isso já é meia vitória, para além de aumentar a probabilidade de voltar a não obter maioria em novas eleições. Venha agora a revogação do chip nas matrículas...
De Jorge Assunção a 2 de Dezembro de 2009 às 10:32
"Mas a aprovação na A.R. tem uma virtude, desmistificar a promessa do governo que não aumentaria impostos, o que estava a fazer no Código contributivo."

Concordo, António. Acho é que deviam ter ficado pelo Código Contributivo. E se o resto merecia ser discutido, fizessem-no no Orçamento, para percebermos qual o caminho que a oposição quer traçar. Mas, como bem sabes, no caso da despesa, não há coligação possível entre os partidos da oposição.

Comentar post

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Mais sobre mim

Contacto

jorgeassuncao@europe.com

Subscrever feeds

Pesquisar neste blog

Links

Add to Technorati Favorites

Arquivos

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Julho 2006

Secções

desporto(383)

politica nacional(373)

cinema(291)

economia(191)

música(136)

ténis(132)

humor(131)

futebol(130)

eleições eua(118)

estados unidos(115)

portugal(115)

blogs(109)

miúdas giras(93)

jornalismo(88)

politica internacional(87)

governo(79)

televisão(74)

blogosfera(69)

oscares(68)

pessoal(55)

todas as tags

blogs SAPO

 

Twingly BlogRank