6 comentários:
De manuel gouveia a 28 de Março de 2009 às 15:09
O caso do Freeport, por exemplo, foi culpa dos funcionários públicos! Na teve nada a ver com políticos...
De Jorge Assunção a 28 de Março de 2009 às 15:29
Manuel, à luz do texto que cito, não percebo o comentário. O caso Freeport é, em boa parte, culpa dos partidos políticos e da organização da nossa sociedade. E o estado da nossa justiça deriva do mesmo mal: ou o Manuel dúvida que a justiça está politizada.
De manuel gouveia a 28 de Março de 2009 às 15:59
Respondia a esta parte da citação, que o deve ter deixado particularmente feliz: los representantes de los cuerpos de funcionarios que abogan por el mantenimiento de un sistema de empleados públicos inamovibles.
De Jorge Assunção a 28 de Março de 2009 às 16:20
"Respondia a esta parte da citação"

Pois, mas o Manuel puxa o caso Freeport que pode facilmente ser explicado com base no que o artigo diz.

"que o deve ter deixado particularmente feliz"

Nem feliz, nem infeliz. Apenas está de acordo, em parte, com aquilo que penso.
De Livia Borges a 30 de Março de 2009 às 10:39
Pela primeira vez vejo uma análise correcta sobre o funcionalismo público.
A politização do mesmo é o seu grande cancro.
De AP a 1 de Abril de 2009 às 07:41
Isto é o problema crónico da Democracia, que não é mais que uma "Partidocracia".

Comentar post